Gestores de Juazeiro e Petrolina irão a Brasília pedir agilidade em instalação de flutuantes

2

reunião juazeiro-petrolinaMais uma reunião para tratar sobre a crise hídrica e a instalação dos flutuantes no Lago de Sobradinho, norte da Bahia, foi realizada ontem (6) em Juazeiro. Participaram do encontro o prefeito Isaac Carvalho, produtores dos perímetros irrigados de Juazeiro e de Petrolina, além do superintendente da Codevasf em Juazeiro, Alaor Granjeon, e do representante do prefeito de Petrolina, o secretário Geraldo Junior.

Durante o encontro ficou definido que é preciso promover uma mobilização política e social entre os dois municípios. Para pedir mais agilidade nas ações do governo federal em relação à instalação dos equipamentos no reservatório, os governos municipais agora buscarão reuniões em Brasília para tratar sobre a gestão das barragens, mais especificamente sobre a vazão em Três Marias e Sobradinho, além de pleitear a publicação do Edital para obtenção de recurso para a construção dos flutuantes.

Também esta semana aconteceu em Petrolina uma reunião da Câmara de Fruticultura, na qual foi debatida o atraso na publicação do edital. Durante o evento, Osnan Soares, representante da Codevasf em Petrolina, disse que o edital sofreu novas alterações. “Construímos o documento para pregão eletrônico de toda a obra, principalmente devido à urgência da situação. Mas devido à parte de engenharia civil a Central de Licitações da Codevasf em Brasília entendeu que seria necessário realizar uma concorrência nesta parte e para a compra de tubulações e flutuantes, manteremos o pregão. Pela nossa experiência, devemos ter a publicação de ambos os editais em até uma semana, mas não temos um prazo certo“, disse.

Recursos

Os recursos para esta obra e outras ações voltadas ao abastecimento d’água em quatro estados nordestinos – Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia já foram garantidas desde 27 de junho, quando o Ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, assinou um repasse da ordem de R$ 38,3 milhões para Codevasf. Desse montante, Pernambuco ficará com R$ 28,75 milhões, dos quais cerca de R$ 26 milhões serão destinados à instalação de flutuantes no lago. No entanto, de acordo com o delegado e representante do Sindicato Patronal Rural de Petrolina, Walter Rocha, seriam necessários R$ 39 milhões em investimentos só para o perímetro irrigado de Petrolina.(foto/divulgação)

2 COMENTÁRIOS

  1. Se o PT repassasse 0,0000001% dos que os Petistas roubaram, daria para fazer Flutuante em todos os Projetos do Planeta Terra e ainda sobraria muito dinheiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome