Gerentes de bancos em Juazeiro querem revisão da Lei Municipal que determina que atendimento seja realizado em 15 minutos

0

reunião vereadores gerentes de bancos juazeiro

Após uma “chuva” de reclamações quanto ao atendimento nas agências bancárias de Juazeiro (BA), a Comissão de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (CPDDC) da Câmara de Vereadores se manifestou em defesa dos usuários e realizou ontem (30/11) uma reunião com todos os gerentes das agências da cidade para debater sobre as dificuldades no cumprimento da Lei Municipal 1.852/2005, que dispõe sobre o tempo para atendimento dos usuários.

Além da demora no atendimento, as longas filas, número de funcionários insuficientes para o atendimento e a disponibilidade de banheiros também foram discutidas durante a reunião.

Diante da situação, os gerentes solicitaram uma revisão na Lei Municipal que determina o atendimento realizado em 15 minutos, que segundo eles é impraticável, dada a necessidade dos clientes. Os gestores das agências locais foram unânimes sobre a questão das datas dos pagamentos e vencimentos de títulos coincidirem, colaborando para filas longas em determinado período do mês. Além disso, eles alegam que alguns usuários pagam títulos de outros bancos em suas agências causando congestionamento. Os bancos públicos ressaltaram que além das situações colocadas, eles têm o pagamento dos benefícios sociais.

Sugestões

Algumas sugestões foram apresentadas pelos vereadores, a exemplo da criação de uma cartilha informando sobre o atendimento nas agências bancárias e antecipação do horário de abertura para atendimento.

A Comissão realizará nova reunião para avaliar o cumprimento desse ajustamento entre as agências bancárias e o Legislativo e vai deliberar sobre a convocação dos gestores locais das redes de telefonia. Participaram da reunião o presidente da Comissão, vereador Mitonho Vargas (PT) – presidente, Bené Marques (PSDB) – vice-presidente, membro Agnaldo Meira (PCdoB) e os vereadores Anastácio Assis (SDD), Sargento Bastos (PROS), Anderson Alves (PP) e Valdeci Alves (PV). (foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome