Garota-prodígio do Judô de Petrolina apela por patrocínio para competições no Equador; prefeitura promete apoio

0

Vencer não tem sido o único desafio da judoca Vivian Galdino Ramos. Com apenas 12 anos, ela já coleciona feitos no esporte. Agora, foi classificada para disputar o Pan-americano e Sul-americano de Judô, que acontecerá no Equador. Mas o velho problema da falta de patrocínio se tornou o principal empecilho na carreira da jovem atleta, como este Blog já havia mostrado esta semana.

Ao lado de outro jovem destaque, Gustavo dos Santos Vieira, 11, Vivian visitou a Redação e reforçou que precisa de um investimento de aproximadamente R$ 10 mil para arcar com os custos da viagem, mas até o momento não conseguiu nenhuma quantia para participar da competição – que acontecerá nos dias 13 a 20 de novembro.

“Estamos correndo atrás para conseguir reunir essa quantia. Muita gente diz ‘não’, já procuramos diversos empresários, mas muitos terminam desistindo. A prefeitura também demonstrou interesse em doar, mas até agora nada”, explica a mãe da adolescente.

Uma competição está sendo organizada pela 1º Delegacia de Judô de Petrolina (FPJU) para arrecadar dinheiro para a viagem. O evento está com as inscrições abertas e acontecerá neste sábado (15), às 9h, no Seminário São José, Bairro Areia Branca. As inscrições custam R$ 30. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (87) 9 820-4186 (falar com Maria).

Seculte

Em resposta, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (Seculte) informou que está desenvolvendo um Termo de Cooperação, no qual ficará assegurado o apoio tanto a Vivian quanto a outros atletas amadores da cidade em competições locais, nacionais e internacionais. O projeto está em fase de finalização e deve ser publicado no Diário Oficial nos próximos dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome