Furtos de cabos de energia duplicaram, segundo Neoenergia Pernambuco

por Carlos Britto // 27 de setembro de 2022 às 15:30

Foto: Reprodução

Entre os meses de janeiro e agosto de 2022, a Neoenergia Pernambuco contabilizou o dobro de casos de furto de cabos de energia em relação ao mesmo período do ano passado no Estado. A prática, segundo a concessionária, aumenta a incidência de interrupções de energia, interferindo na qualidade de fornecimento, causando prejuízos e outros transtornos para a população, além de comprometer sua segurança. Só neste ano, já foram repostos cerca de 110 km de fios na área de concessão da distribuidora.

Apenas as equipes da Neoenergia Pernambuco possuem permissão para subir em postes e trabalhar diretamente com a rede de distribuição de energia, uma vez que as consequências para as pessoas que manuseiam cabos com partes energizadas podem ser graves, podendo levar à morte ou a lesões irreversíveis.

Com a finalidade de coibir o furto de cabos, a distribuidora tem substituído os tradicionais cabos de cobre por fios de alumínio. Além disso, a Neoenergia Pernambuco tem realizado ações de conscientização, alertando sobre os perigos do furto de cabeamento e, ainda, incentivado a denúncia através dos canais de comunicação da empresa. Cortar fios elétricos é considerado furto qualificado, previsto pelo Código Penal.

“Além de crime, o furto de cabos oferece grande risco à integridade física não apenas de quem realiza a prática, mas também à população no entorno do local em que houve o furto, já que podem ocorrer curtos circuitos e outros acidentes devido ao manuseio irregular de cabos energizados”, afirmou André Tavares, gerente de Desempenho da Neoenergia Pernambuco.

Caso sejam identificados cabos de energia pendurados em postes, a orientação é de que a população não se aproxime. Nos casos em que pessoas não autorizadas forem flagradas realizando intervenções em postes, recomenda-se que a Polícia Militar seja acionada pelo 190 e, a concessionária, pelo 116.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.