Funcionários e colaboradores do Conjunto Penal de Juazeiro passam por testagem para detectar coronavírus

0
Foto: Ascom/divulgação

O Conjunto Penal de Juazeiro (CPJ) iniciou neste mês a aplicação de testes para identificação do novo coronavírus (Covid-19) nos seus colaboradores. Os testes foram realizados através do método SWAB e aconteceram nos dias 22, 24 e 27/07 para 242 pessoas – entre funcionários, fornecedores e PMs.

Até o momento o Laboratório Central (Lacen) já forneceu o resultado de 202 testes: 8 deram positivos (6 funcionários do CPJ e 02 PMs) e 194 negativos. Todas as pessoas infectadas estavam assintomáticas, mesmo assim foram orientadas a buscarem isolamento por 14 dias, contados a partir da data da realização do teste.

Quanto aos 992 internos, devido ao elevado número da população carcerária, eles estão sendo testados apenas quando apresentam sintomas. Até o momento foram realizados 5 testes rápidos em internos, todos com resultado negativo.

A assessoria do CPJ ressalta que todos os internos que chegam à unidade prisional passam por rigorosa triagem em relação à Covid-19, ficando todos isolados por no mínimo 7 dias, caso não apresentem sintomas. Outro ponto a destacar é que todos os internos, ao saírem da área de custódia – seja para atendimento, seja para trabalhar – recebem máscaras de proteção, sem falar nas diversas ações adotadas visando à prevenção contra a doença, previstas no Plano de Contingência da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome