Frente Popular oficializa nomes de Odacy e Dulci para disputar Alepe e Câmara Federal

por Carlos Britto // 07 de agosto de 2022 às 07:00

Foto: Ricardo Stuckert/divulgação arquivo

A deputada estadual Dulci Amorim e o marido dela, ex-prefeito de Petrolina Odacy Amorim, estão prontos para a missão designada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) nas eleições deste ano. Os nomes do casal foram oficializados pela Frente Popular de Pernambuco na convenção de sexta-feira (5), prazo final determinado pela Justiça Eleitoral para a realização das convenções com vistas ao pleito. Dulci disputará vaga na Câmara dos Deputados, enquanto Odacy tentará retornar à Assembleia Legislativa (Alepe).

Presente na convenção, a deputada Dulci foi apresentada como a única candidata mulher da região do São Francisco do palanque do ex-presidente Lula na disputa federal. “Representar as mulheres, os sertanejos e os cristãos, dentro desse projeto verdadeiramente popular, é motivo de muito orgulho e muita responsabilidade também. A menina do Barreirinho, que engatinhou em chão batido, andava 20 km por dia pra estudar e que carregou muita lata d’água na cabeça, tem muito a contribuir. Venho carregada da sensibilidade que hoje é tão escassa na política“, assegurou Dulci Amorim.

Dulci Amorim é professora da Rede Pública Estadual. Nasceu em Rajada, zona rural de Petrolina, mas passou a infância em Afrânio, Sertão do São Francisco. Ela está no primeiro mandato de deputada estadual e, a convite do PT, colocou no nome para a disputa federal.

Já Odacy, que legislou na Alepe por dois mandatos, além de ter comandado a Prefeitura de Petrolina e o IPA, mostrou confiança. “Acredito que posso contribuir muito na Alepe. Especialmente com a minha última experiência no IPA, onde pude mergulhar nas questões ligadas à agricultura e pecuária. Com a permissão de Deus, vamos voltar a representar os sertanejos na nossa Casa Legislativa“, destacou.

Frente Popular oficializa nomes de Odacy e Dulci para disputar Alepe e Câmara Federal

  1. Marcos disse:

    O CIDADÃO APOIAR UM BANDIDO DESSES A PRESIDENTE, TÁ FADADO AO ESQUECIMENTO.

  2. Paulo disse:

    Está ai escória de um povo

  3. PENSADOR disse:

    É incrível, Odacy um evangélico, tirar fotos e querer apoio de um condenado por roubo em três instâncias. Não vai para lugar nenhum.

  4. Paulo disse:

    Odaci tudo que ele fala é faz e falcidade ao lado do luladrao ele é mais um.

  5. critico disse:

    Nesses eu não voto.

  6. Bosco disse:

    Ha vai sim . E aqueles pastores que ta no governo Bolsoraro que trocou a bíblia por armas e recebe as propinas em barras de ouros se enxerga gada . Antes de julgar os outros olha p seu passado

  7. IVAN disse:

    FORA BOLSONARO.

  8. IVAN disse:

    01 PAcote leite 8,00
    01 lata oleo 10,00
    01 gás cozinha 120,00
    gasolina 8,50 antes e depois das eleições.
    01 pacote macarrão 4,00
    salario do Bolsonaro congelado 112,00.
    Bolsonaro Nunca Mais!

  9. IVAN disse:

    01 PAcote leite 8,00
    01 lata oleo 10,00
    01 gás cozinha 120,00
    gasolina 8,50 antes e depois das eleições.
    01 pacote macarrão 4,00
    salario do Bolsonaro congelado 1212,00.
    Bolsonaro Nunca Mais!

  10. COMUNISMO AQUI NÃO! disse:

    Dizer-se “cristão”, mas apoiar um bandido como o Lula e defender o PT, que só apóia tudo que Deus abomina, eé querer enganar a si próprio. Esses que se aliam à Esquerda, que apóia aborto, liberação das drogas, etc., nunca conheceram a Deus de verdade. Estão buscando seus próprios interesses.

  11. COMUNISMO AQUI NÃO! disse:

    Esses jumentopatas que reclamam que não comem carne, são os mesmos que postam nas redes sociais, enchendo a cloaca de cerveja, achando que postar alcoolismo é ostentação. É só alcoolismo mesmo!
    E para os ricos que o ladrão Lula tirou da pobreza, eu continuo comendo carne! Pois dependo do meu trabalho, não de esmolas do Lula ladrão não

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.