Durante convenção, Eduardo garante que Câmara “é prioridade”

0

Lobo 1Quase três meses após deixar o governo de Pernambuco, o ex-governador Eduardo Campos retornou à terra natal com um objetivo: reforçar o palanque do seu mais novo afilhado político: Paulo Câmara (PSB). Durante a convenção que homologou o socialista como candidato ao governo estadual, Eduardo destacou que estará em Pernambuco quando for preciso, num claro recado de que vencer no seu principal reduto eleitoral é prioridade.

 “Quero dizer a vocês que deixo Marina fazer a campanha (nacional) onde tiver e venho para cá. Eu vou estar presente nessa campanha o tempo que a campanha precisar“, declarou. A presença de Eduardo é estratégica para alavancar o desempenho de Paulo.

 Nos bastidores, há rumores de que os aliados não estão empenhados em defender o nome do socialista. Por isso, Eduardo decidiu fazer um apelo à base governista. “Quero pedir a todos os deputados estaduais, aos federais, aos prefeitos: vamos para rua que é nosso lugar, mostrar quem somos, nossas ideias“, disse o ex-governador. Eduardo ainda prometeu eleger a maior frente política de Pernambuco, com 20 deputados federais e 40 estaduais.

 A convenção foi movimentada. Segundo a assessoria do candidato, 25 mil militantes passaram pelo Clube Português na tarde deste domingo. Somente no palanque, foram aproximadamente 400 lideranças, entre prefeitos, deputados e presidente de partidos. Com exceção do PPS, representantes de todos os partidos da frente governista estiveram no local. (Fonte: JC Online/foto divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

dois × cinco =