Fórum Permanente de Defesa do Rio São Francisco reforça mobilização em Petrolina e Juazeiro nesta segunda-feira

1
Foto: Fórum Permanente de Defesa do Rio São Francisco/divulgação

A nova tragédia ambiental que deixou centenas de mortos em Brumadinho (MG) mobilizou instituições e a sociedade civil no Vale do São Francisco. Desse engajamento nasceu o Fórum Permanente de Defesa do Rio São Francisco.

O Fórum já realizou três reuniões no Departamento de Ciências Humanas (DCH) da Universidade do Estado da Bahia (Uneb)/Campus Juazeiro. A primeira delas reuniu 119 pessoas. Várias entidades já veem fortes evidências de contaminação da Bacia do São Francisco pela lama  da Barragem do Córrego do Feijão, que se rompeu em Brumadinho, pois o Rio Paraopeba faz parte dela – aspecto nunca mencionado pela grande mídia durante toda essa crise.

Na opinião de vários técnicos, os resíduos chegarão em alguma proporção para grandes áreas da calha principal do São Francisco, inclusive às cidades de Juazeiro e Petrolina (PE). O fórum, inclusive, está convocando toda a sociedade para ir às ruas nesta segunda-feira (25), como este Blog já divulgou, para se juntar ao grande protesto nacional em defesa do Velho Chico e em solidariedade às vítimas de Brumadinho. Mais detalhes sobre o fórum podem ser obtidos pelo link disponibilizado.

1 COMENTÁRIO

  1. A esquerda se diz preocupada com o Velho Chico mas apoiou esse famigerado projeto de transposição, que além de ambientalmente questionável é insustentável do ponto de vista financeiro, já que só para mantê-lo o custo atinge R$ 600 milhões anuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome