Floresta: Codevasf conclui instalação da Casa do Mel

por Carlos Britto // 17 de março de 2023 às 11:55

Foto: Codevasf/arquivo

A atividade apícola no Sertão pernambucano ganha mais um impulso. A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), por meio da Superintendência Regional (SR) em Petrolina, concluiu a instalação de uma unidade de processamento de produtos à base de mel no município de Floresta (PE), região de Itaparica. A Casa do Mel deverá ser entregue aos produtores locais da Associação dos Apicultores de Floresta e Carnaubeira da Penha nas próximas semanas. A obra é resultado de um investimento de quase R$ 355 mil, oriundos de emenda parlamentar.

De acordo com Augusto Elijalma, engenheiro da Codevasf, essa associação tem se destacado no interior de Pernambuco com a produção apícola. “A associação tem um diferencial. Além de serem muito conscientes do papel do apicultor, tanto econômica quanto ecologicamente, eles estão sendo acompanhados pela Adagro, a Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco. E já estão sendo inseridos no mapa de produção de mel no estado, o que pode incrementar a produção e a comercialização do mel em Floresta”, explica.

Luís Emanuel Nogueira é um dos pioneiros da apicultura no município de Floresta. Apicultor há quase 20 anos, ele se diz feliz e esperançoso com a conclusão da unidade que será entregue pela Codevasf. “Hoje, temos uma associação com quase 40 associados. São pessoas que entendem a importância dessa atividade e que estão muito motivadas, principalmente agora com o recebimento da unidade de processamento dos produtos das abelhas. Isso vem coroar essa nossa luta de quase duas décadas”, enfatiza o apicultor.

Investimentos

Entre 2021 e 2022, a Codevasf investiu mais de R$ 1 milhão apenas em entrega de produtos e kits para apicultores no estado de Pernambuco. De acordo com o superintendente regional da Codevasf em Pernambuco, Aurivalter Cordeiro, a construção de casas do mel é apenas uma das ações que a Companhia tem feito para fortalecer a produção de mel no Estado.

Em 2021 e 2022 nós entregamos quase 300 kits de produção, mais de 3 mil colmeias. Somamos mais de 500 beneficiários no Estado. Em 2023, esses números vão crescer ainda mais. Ano passado nós também oferecemos curso de manipulação e cosmetologia com produtos das abelhas para jovens. Estamos trabalhando em várias frentes para que Pernambuco hoje esteja entre os 10 estados que mais produzem mel no Brasil”, afirma Cordeiro. Hoje, Pernambuco é o quarto estado do Nordeste que mais produz mel. De acordo com os últimos dados levantados pelo IBGE, o estado foi capaz de fabricar 1,2 mil toneladas de mel em 2021. As informações são da assessoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.