Flores: Agricultores se qualificam colocando a mão na massa

0

agricultores flores2Homens e mulheres das comunidades Sítio Raimundo e Olho D’Água, no município de Flores (PE), Sertão do Pajeú, colocaram a mão na massa, literalmente, para aprender a fazer um fogão ecológico, biscoitos e pães caseiros. A atividade faz parte do Projeto Chamada de ATER (Assistência Técnica e Extensão Rural), executado pelo Centro de Educação Comunitária Rural (Cecor), em parceira com o Centro Sabiá.

Das 9h às 16h, os agricultores se dedicaram a duas oficinas com o intuito de unir conhecimentos que contribuam com a economia local e o meio ambiente. Um dos objetivos da ação foi conscientizar os participantes da importância em reduzir o uso de lenha, da emissão de fumaça e minimizar os problemas de saúde, além de diminuir o trabalho da mulher, geralmente responsável pelo transporte da lenha.

De acordo com o técnico do Cecor, Lucimário Almeida (responsável pelas oficinas), a participação ativa das famílias fortaleceu a necessidade de proporcionar mais momentos de troca de experiências. “Ficou claro o quanto eles querem aprender e como pensam em fazer depois das oficinas. Muitos vão economizar, fazendo os pães caseiros para consumo e vendendo o excedente. O fogão coletivo trará benefícios para a comunidade e para o meio ambiente, uma vez que consome, em média, 50% menos lenha do que o fogão comum, sem falar que produz menos fuligem”, explicou Lucimário.

A capacitação aconteceu no último dia 6, na residência da agricultora Ana Francisca Alexandrina, em Olho D’Água. (foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome