Flagrante: Igreja evangélica em Petrolina promove aglomeração ao realizar culto

10
Foto: WhatsApp/Blog do Carlos Britto

Às vésperas de entrar em vigor o novo decreto baixado pelo prefeito Miguel Coelho, mantendo novamente apenas os serviços essenciais de Petrolina para conter o avanço do novo coronavírus (Covid-19), este Blog recebeu um flagrante de aglomeração, o que vai de encontro às recomendações das autoridades.

Na Avenida Honorato Viana, um culto evangélico realizado pela Igreja Assembleia de Deus reuniu dezenas de fiéis. Pela foto, percebe-se que não há distância mínima de uma pessoa para outra, sem falar de outras medidas preventivas que provavelmente tenha sido desrespeitadas. Se não houver conscientização por parte da população, apenas os esforços do poder público não serão suficientes para enfrentar a doença. Fica o alerta.

10 COMENTÁRIOS

  1. A matéria deveria ressalvar que a grande maioria das igrejas seguiu rigorosamente os decretos até agora, além de prestar um grande serviço social nesta pandemia. E mais: O pastor da igreja foi procurado para explicações? Qualquer matéria séria deveria no mínimo dar esse direito. Sem essas ressalvas, a publicação é infeliz, e prejudica de maneira preconceituosa as centenas de igrejas evangélicas da cidade

  2. O blog precisa especificar a denominação envolvida porque Assembleia de Deus tem um monte. Fica a dica quando for publicar algo, mesmo mostrando a frente do templo, precisa ser mais claro enquanto a denominação

  3. Esses pastores que vive em função de vender a fé e desrespeitar as leis, deveriam ser presos. E também essa cambada de fanáticos, que acham que estando doando o dízimo pagando por essa fé está imunes dessa praga também deveriam responder perante a lei, o problema não eles morrerem é contaminar as outras pessoas. Tudo pela fé que morram.

    • As igrejas seja lá qual for, deveriam parar de se preocupar com o dízimo e respeitar a dor das mais de 70.000 famílias que perderam seus entes queridos.

  4. O blog pode assegurar qual foi o dia que a foto foi registrada ? Vocês mandaram uma pessoa realizar registro por foto e video da equipe de vocês? Ou simplesmente receberam a foto e publicam sem as devidas garantias de autenticidade do fato ocorrido. Por que essa foto pode ter sido feita antes de qualquer decreto do Governo de Pernambuco. Cabe a vcs fazerem um trabalho de qualidade para não passar a ser apenas um veiculo de fofoca. Desse tipo já existe muitos.

    E por gentileza, frise o ministério a qual a igreja faz parte .

  5. Hipócritas, Hipócritas!…

    Quando estão juntos, em suas confraternizações, ou festinhas em casa, tudo pode! Todos abraçados, aos beijos e alcoolizado, um som insuportável. Tudo pode! Inclusive o alto consumo de álcool. Hoje pega se Covid-19 no trabalho, na Igreja, fazendo caminhada etc. menos nas rodas sem controle de farras. Estão criticando a igreja por manter juntos os familiares, inclusive isso é permitido pelo protocolo. É muita falta de coerência. A foto da reportagem deve ser questionada pois o ângulo e distância não permite avaliar com exatidão.
    Responder

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

18 − 4 =