Finalmente: Órgãos definem estratégias para o combate à poluição sonora em Petrolina

3

reuniao AMMA e MPPE

A gestora da Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) de Petrolina, Denise Lima, participou ontem (18), na sede do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) local, de uma reunião com o promotor Lauriney Reis Lopes. O objetivo do encontro foi o de fortalecer cada vez mais a parceria com o MPPE, bem como outros órgãos públicos, no que diz respeito ao combate à poluição sonora. Participaram ainda da reunião o secretário Executivo da Ordem Pública, Jenivaldo Santos; além de Aionne de Souza e Daniel de Lima, representando a Vigilância Sanitária.

O promotor público sugeriu que fosse realizado um levantamento de todos os estabelecimentos comerciais que são citados em denúncias de poluição sonora, para que os órgãos possam fazer ações conjuntas e coibirem esta que é uma das principais demandas observadas em Petrolina.

Denise Lima enfatizou que poluição sonora representa o maior número de denúncias que chegam à AMMA. “No ano passado, de todas as nossas demandas, esta representou 43% das reclamações. Dos estabelecimentos que deram entrada solicitando o alvará sonoro, que é o documento que permite a utilização de som de acordo com os parâmetros estabelecidos em lei, vinte conseguiram obter e trabalham dentro da legalidade. Quanto aos outros estabelecimentos, temos buscado dar orientações, sempre enfatizando que nosso trabalho não é o de proibir ninguém de utilizar som, mas sim, fazer com que cumpram as regras estipuladas na legislação ambiental”.

Uma nova reunião deve ser agendada para os próximos dias no sentido de deliberar ações que deverão ser desenvolvidas por órgãos como MPPE, AMMA, Ordem Pública, Polícia Militar, Polícia Civil. (foto: Ascom AMMA/divulgação)

3 COMENTÁRIOS

  1. Está mais do que na hora, pois Petrolina está virando uma terra sem lei no quesito poluição sonora, certo que tem os estabelecimentos, mas tem principalmente os pancadões que causa extremo transtorno a população.

  2. A Gestora da AMMA Denise Lima e o Promotor Lauriney Reis Lopes e outros que participaram desse conversa/reunião estão totalmente equivocados ou tampam o sol com peneira, pois hoje não são somente o comércio(casas de shows,bares e etc) que praticam a poluição sonora em voga que além de irritar tira o sono de muita gente. O pior poluidor hoje são os FAMIGERADOS paredões(Carros com equipamentos de som que mais parece um trio elétrico), esses sim deveriam ser multados e retirados de circulação, pois não pagam os devidos impostos à Prefeitura Municipal de Petrolina ou de qualquer outra prefeitura. Pensem nisso SENHORES e SENHORAS que participaram dessa mistica reunião.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

vinte − 7 =