Ferramenta educacional quer reduzir impacto da pandemia na rede municipal de Juazeiro

por Carlos Britto // 22 de setembro de 2022 às 09:40

Foto: Pedro Angelo/Ascom PMJ/Seduc

A Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) reuniu em Juazeiro (BA), nesta quarta-feira (21), gestores e coordenadores da rede municipal de ensino para apresentar o ‘Programa #borAgir’. A ferramenta foi criada para oferecer às escolas municipais um cenário de recomposição da aprendizagem, de maneira abrangente, capaz de dar possibilidades para a criação de estratégias de adequação do projeto pedagógico escolar e das práticas pedagógicas. O objetivo é sanar os impactos gerados pela pandemia da Covid-19, além de recuperar e potencializar a aprendizagem dos alunos.

O encontro aconteceu no auditório da Chácara Bougainville, e teve como tema ‘#borAgir porque não existe campeão sem treino’. Na ocasião também estiveram presentes o secretário de Educação e Juventude, Wank Medrado, e o presidente da Associação dos Professores Licenciados do Brasil (APLB) de Juazeiro, Gilmar Nery.

Estamos saindo de um cenário pandêmico que trouxe diversos danos para o aprendizado, onde é necessário desenvolver uma articulação pedagógica de seriedade, criando mecanismos de aprendizagens que sejam suficientes para corrigir as distorções que aconteceram em função da pandemia, de forma que, estamos lançando um programa efetivo que vai nos ajudar a recuperar os prejuízos trazidos pela pandemia, através das estratégias e benefícios oferecidos pelo “#borAgir“, explicou Wank Medrado.

Daniela dos Santos Oliveira é vice-gestora da Escola Municipal 15 de Julho e aprovou a iniciativa. “Pensando em estratégias para melhoria do cenário da educação do nosso município, a gestão atual, juntamente com as equipes técnicas das Superintendências de Ensino e Formação da Seduc, criaram o #BorAgir, oferecendo um programa de recomposição de aprendizagens de excelência, que atua de forma conjunta e efetiva, mostrando que a rede municipal de ensino vive um novo tempo de trabalho“, destacou.

Homenagens

O evento também contou a entrega de medalhas aos gestores e coordenadores pedagógicos, que foram homenageados pelo bom desempenho e resultados alcançados no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2021, principal parâmetro de avaliação do ensino básico. O segmento, que em 2019 registrou 4.2 pontos na mais recente avaliação realizada, em 2021 alcançou 4.5, com a aprovação de 95% dos alunos – apesar da pandemia que impactou diversos segmentos sociais, inclusive o educacional. No período, a Gestão Suzana Ramos, através da Seduc, desenvolveu diversas estratégias para apoiar alunos e atenuar os efeitos na educação, instrumentos abraçados pelas equipes das escolas municipais e professores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.