Fernando Filho comemora inauguração em Petrolina da primeira etapa do maior centro de pesquisa em energia solar do Brasil

5
Fernando Filho comemora inauguração de equipamento de energia solar em Petrolina. (Foto: Divulgação)

O ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, comemora a inauguração da primeira etapa do Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina (Cresp). O equipamento será o maior do país voltado à pesquisa e conhecimento científico para o desenvolvimento de energias renováveis. O Cresp terá em sua estrutura salas de estudo, laboratórios, centro de monitoramento e espaço para aulas, debates e palestras. Como este Blog mostrou ontem (29), estiveram presentes à cerimônia o prefeito Miguel Coelho e o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), além de representantes da Chesf e da Codevasf.

Este centro irá atrair pesquisadores, cientistas, professores e estudantes do mundo inteiro para o Sertão. Aqui será o principal ambiente para pesquisas e estudos em matrizes renováveis de energia no Brasil e todos sabem que temos um enorme potencial para avançar com energia solar e eólica. O que estamos vendo agora é a concretização de um sonho, sonhado há muitas gerações e que finalmente se materializa“, afirmou o ministro.

Dados

O equipamento está localizado na região do Pontal, zona rural de Petrolina, numa área total de aproximadamente 45 hectares. Nesta primeira etapa foram entregues uma placa fotovoltaica com 7600 módulos de geração de energia solar de 2,5 megawatts (volume suficiente para atender a aproximadamente 60 mil famílias) e o centro administrativo do Cresp. O investimento para esta fase foi de aproximadamente R$ 30 milhões. O volume total de recursos é de aproximadamente R$ 200 milhões.

5 COMENTÁRIOS

  1. Espero que esse projeto seja em prol da utilidade pública e inclusão social, ao qual essa energia gerada seja revertida ao interesse público e jamais a pequenos grupos que representa a minoria.
    E por se tratar de interesse público, ao qual a produção de energia tem a supra importância de ter uma empresa 100% pública, para o real interesse coletivo, quero
    parabenizar a Chesf, que não é de agora, que tem projetos e relatórios da importância de energias renováveis no Nordeste, em especial o sertão Brasileiro, por possuir uma incidência solar diferenciada.
    Que os holofotes estejam direcionados aos verdadeiros protagonistas, que trabalharam duro e se dedicaram, para que avanços tecnologicos como este, sejam evidenciados, com o objetivo voltado ao interesse e a inclusão pública.

  2. Que inusitado. O Tal ministro está comemorando uma ação feita pela empresa que em conjunto das demais empresas Eletrobras ele quer privatizar?
    Queria ver se alguma empresa privada iria querer fazer esse investimento em Petrolina.
    Parabéns à CHESF que faz ações para a melhoria de vida do povo nordestino e junto com as demais empresas Eletrobras a melhoria de vida dos brasileiros.
    Nao sou do Nordeste, mas dou uma sugestão para as próximas eleições, não votem em ninguém da família dele ou vocês ficarão nas mãos da iniciativa privada.

  3. Concordo plenamente com o sr. Rodrigo Soares e a sra. Rita de Cássia.
    Lógico que as empresas privadas não vão tirar um centavo sequer do bolso para investimento de tal monta, querem tudo pronto e de graça, só para pegar os lucros e mandarem para fora do País sem deixar um centavo aqui.
    Parabéns CHESF! Resistam! Não a Privatização!

  4. Esqueceram q isso foi no Pontal no qual está seco as pessoas comprando água esse povo tem q para de enganar os petrolinense uma vergonha deputado passaram 5 anos pra fazer a adultora do caititu agora o povo vao fica só olhando pra os cano

  5. TEM QUE VENDER TODAS AS ESTATAIS SIM, UMA VEZ QUE SÓ SERVE PARA ACOMODAR E DAR LUXO AOS FUNCIONÁRIOS. JÁ TRABALHEI TERCEIRIZADO POR 3 ANOS NA PETROBRÁS, O CONCURSADO DA PETROBRÁS NÃO FAZIA NADA, GANHA 4X MAIS QUE O PRESTADOR DE SERVIÇOS NA MESMA FUNÇÃO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome