Fenagri 2014 terá foco em novas culturas

1

Fenagri Novas CulturasCom o foco principal na produção em escala comercial de novas culturas agrícolas – como maçã, caqui, pera, pitaya, romã e figo – começaram em Petrolina, os trabalhos para a realização da 25ª edição da Feira Nacional da Agricultura Irrigada, a Fenagri 2014. O evento acontecerá no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, de 28 a 31 de maio.

Tradicionalmente enfatizando as culturas da manga e uva de mesa do Vale do São Francisco, que respondem respectivamente por 85% e 98% das exportações brasileiras de frutas, a Fenagri deste ano vai destacar o cultivo de espécies de climas subtropical e temperado, a exemplo da maçã que, em dezembro do ano passado, foi responsável por uma colheita de 40 toneladas com resultados muito satisfatórios numa área de 0.4 hectares, localizada no Núcleo 3 do Perímetro Senador Nilo Coelho, zona rural de Petrolina.

De acordo com o secretário municipal de Ciência e Tecnologia e coordenador do evento, Newton Matsumoto, a Fenagri 2014 vai trabalhar vários aspectos do tema “Novas Culturas Agrícolas”, através de uma diversificada programação, que inclui minicursos, workshops, seminário, rodada de negócios e um espaço destinado à agricultura familiar.

“Vamos destacar também os citrus, a exemplo do pomelo, que vem sendo produzido comercialmente, e as uvas para suco, pois já temos algumas fábricas na região e inclusive duas que se instalaram recentemente. Além de alternativas que já estão em fase mais adiantada, a exemplo das uvas para vinho e uma fábrica de suco concentrado, que também já é uma realidade”, destacou.

Ainda segundo o secretário, o objetivo principal é aumentar a eficiência das propriedades, ampliar as áreas e difundir as tecnologias para um número maior de produtores, viabilizando assim a oferta de vários produtos em diferentes épocas do ano.

Fenagri

Considerado o maior evento da agricultura irrigada da América Latina, a Fenagri 2014 objetiva também a promoção e realização de negócios, transferência de tecnologias e a divulgação, em todo o mundo, das potencialidades do Vale do São Francisco. A feira, que é uma realização da prefeitura, do Sindicato Rural e da Câmara de Fruticultura, vai ocupar uma área de 12 mil metros quadrados com acesso livre ao público, das 18h às 23h. (Fonte/foto: Clas Comunicação)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome