Feminicídios em PE caem 50% em outubro, mas estupros e agressões aumentam

por Carlos Britto // 15 de novembro de 2022 às 16:08

(Foto: Ilustração)

O mês de outubro de 2022 foi o segundo consecutivo de retração nos homicídios de mulheres em Pernambuco, motivados pela questão de gênero. E a redução foi bastante significativa no estado: 50%. Ou seja, saiu de oito casos em outubro de 2021 para quatro no mesmo mês deste ano. No acumulado de janeiro a outubro, a retração é de 21,1%, caindo de 76 (em 2021) para 60 crimes (em 2022).

Considerando todos os tipos de assassinato de mulheres, independentemente da motivação, a tendência de diminuição se manteve tanto para o mês de outubro quanto para o acumulado do ano. No mês passado, houve redução de 20,8% (19 ocorrências, contra 24 no décimo mês de 2021). No acumulado dos primeiro meses de cada ano, o recuo foi de 9% (de 211, ano passado, para 192 mortes este ano).

Em contrapartida, mais denúncias de estupros e violência doméstica e familiar contra mulheres estão chegando à Polícia Civil (PC). No mês de outubro, os casos de violência doméstica saíram de 3.790 (em 2021) para 4.184 (em 2022), representando um aumento de 10,40%.

Com isso, o impacto no acumulado nos dez meses em relação a esse tipo de crime é de 3,11% – saindo de 34.542 casos no ano passado para 35.615 neste ano. Ainda no recorte de outubro, o crime de estupro apresentou um aumento de 6,07%, saindo de 214 em outubro de 2021 para 227 no mês passado. No acumulado do ano, os indicadores marcam uma variação de -2,33%, com 2.186 crimes de janeiro a outubro do ano passado e 2.135 no mesmo período deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.