FBC considera “legítimas” manifestações de apoio a Bolsonaro no 7 de Setembro

por Carlos Britto // 01 de setembro de 2021 às 19:54

Foto: Jonas Santos/reprodução

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), afirmou serem “legítimas” as manifestações de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, marcadas para o feriado de 7 de Setembro, Dia da Independência do Brasil. Segundo FBC, essa é uma forma de a população mostrar o seu reconhecimento às ações do governo federal de combate à pandemia e de enfrentamento da crise econômica decorrente da crise sanitária.

Destaco a transferência de vultosas somas de recursos federais para estados e municípios e a distribuição, até o dia de hoje, de mais de 230 milhões de doses de vacina contra a Covid-19”, disse.

Na opinião de Fernando Bezerra, a expectativa é que as manifestações ocorram de forma pacífica e sirvam para distensionar o ambiente político e apaziguar a relação entre os Poderes. “Para que a gente possa avançar na construção de consensos e na agenda econômica, que está permitindo o reencontro do Brasil com a sua trajetória de crescimento”, ponderou.

O senador também lembrou que, no último dia 28 de agosto, foi celebrado o Bicentenário do Grito de Goiana, movimento político que antecedeu a Convenção de Beberibe – marco histórico do processo de emancipação de Pernambuco.

Segundo ele, a vila de Goiana vivia dias de agitação política contra os privilégios e o absolutismo da monarquia portuguesa. Com o apoio de insatisfeitos de outras vilas, o movimento instalou a Junta de Goiana e partiu para o Recife para exigir a deposição do general Luiz do Rêgo, algoz da Revolução de 1817 e a expulsão das tropas portuguesas do território pernambucano.

Liberdade e justiça

Ainda de acordo com Fernando Bezerra, o que motivou o Grito de Goiana foram os anseios de liberdade e justiça social e o descontentamento de exploração da Colônia pela Coroa Portuguesa. Ele explicou que a pacificação desse movimento ocorreu em Beberibe, bairro do Recife, onde foi construído o entendimento de instalação da junta democrática independente, de onde nasceu a Convenção de Beberibe, considerada como o primeiro passo da independência do Brasil.

FBC considera “legítimas” manifestações de apoio a Bolsonaro no 7 de Setembro

  1. Francisco disse:

    Vejo que o senador também é um dos enfeitiçados pelo Bolsonaro. O que tem a ver os eventos e datas citadas pelo senador com as baixarias desse incompetente previstas para o 7 de Setembro. Quantos milhões não serão gastos com a segurança desse irresponsável, que já disse que participará dos atos em Brasília e SP. A verdade, senador, é que o senhor está tirando proveito da situação, na sua condição de Líder desse governo. Lembro que se o governo Bolsonaro ainda não governou nada, a não ser liberar armas para a população, o senhor, por via de consequência, não lidera nada, já que o país está desgovernado. Pior governo do mundo em combate à pandemia. Aumento de energia e gasolina virou regra. Carnê virou coisa de barão igual ao senhor. O preço do frango ficou igual ao de antes da carne. Papel higiênico, senador, nem isso o povo simples usa mais. Que governo é esse que o senhor fala, supostamente lidera? Quem entende minimamente de política, sabe o que o senhor quer: eleger o seu filho governador de Pernambuco ( não passa), pois o senhor sabe que perderá feio para o senado.

  2. Defensor da liberdade disse:

    Quando Bozo tiver em baixa, ou não liberar a grana em volume, a opinião do senador pula pula vai mudar rapidinho.

  3. Paulo disse:

    Esse senador defende seus interesses, por enquanto ele segue o lado do Pinóquio, do meliciano, foi assim no governo corrupto de Lula e Dilma, quando esse governo afundar de vez ele pula para o próximo,faz parte da política ou melhor, dos políticos que temos, Brasil sem controle,sem governo e não vejo opção, espero que o Sr.Rodrigo Pacheco seja candidato, caso contrário não vejo opção para a próxima eleição.

  4. Petrolinense disse:

    Petrolina só e Petrolina pela política da família Coelho…

    Bolsonaro 2022

  5. Joelson souza disse:

    fora bozo

  6. Bolsonaristas são vergonha nacional disse:

    Ele não era ministro da Dilma e depois votou pelo impeachment para o filho virar ministro do Temer? Enquanto estiver bom para ele, tem o apoio. Quando não for mais, ele muda a chave. Forma de agir normal do grupo.

  7. Jussara Guimaraes Batista Bispo disse:

    Francisco garanto que os “milhões” como disse vc gastos na segurança do Presidente não são um terço dos milhões gastos pelos governos passados em outros países e outros presidentes. Um homem que já tentaram matar uma vez vai andar de bobeira. Brasil Acima de Tudo Deus acima de todos!

  8. amancio disse:

    .. nao é a toa que nao quiseram miguel coelho candidato para governador no mdb jarbas e raul henry ja conhecem pois ja sofreram com eles

  9. CELIA disse:

    PARABÉNS!!!! SENADOR, SEU GESTO ME FAZ CONFIAR NO SEU TRABALHO…LIBERDADE NÃO TEM PREÇO E NEM PARTIDO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *