Família de jovem morta pelo ex-companheiro faz protesto no Centro de Juazeiro

0

Familiares da jovem Layse dos Santos Silva, de 20 anos, assassinada no último dia 20 de junho no Bairro Itaberaba, em Juazeiro (BA), realizaram um protesto no Centro da cidade neste sábado (8). Com faixas e cartazes, eles pediam a prisão do assassino, que é o ex-companheiro da vítima – Cleber Araújo, de 38 anos, que fugiu após o crime e continua sendo procurado pela polícia.

Eu quero que ele seja preso. Minha filha estava no melhor momento da vida dela, estava realizando o sonho de morar sozinha e trabalhando. O sonho dela foi interrompido e eu não vou tê-la de volta. Queremos que a polícia faça o trabalho dela e faça com que a justiça seja feita. Isso não pode ficar impune. Da mesma forma que ele fez essa barbaridade com Layse, ele poderá fazer com outra”, comentou a mãe da jovem, Maria Cariri dos Santos.

A Delegacia da Mulher de Juazeiro informou que, no início do ano, a jovem prestou queixa na unidade contra o ex-companheiro, que já tinha tentado matá-la. Na época, ele atirou contra Layse quando ela estava na casa da mãe, mas o disparo não chegou a acertar a jovem. Desde abril, mês em que foi prestada a queixa, estava em vigor uma medida protetiva que proibia o ex-companheiro de se aproximar da jovem.

Ela estava protegida pela medida protetiva, mas isso não a salvou. Ninguém sabe a dor que estou sentindo, minha família foi destruída. Layse não vai mais voltar pra casa, então, eu só quero que a justiça seja feita. A dor é imensa, só eu sei o quanto estou sofrendo. Peço para que as pessoas denunciem esse bandido”, pediu a mãe da jovem. Layse foi monitora do programa ‘Qualifica Juazeiro’, que oferece cursos de capacitação na cidade. O caso é investigado pela Polícia Civil. Denúncias sobre o paradeiro do foragido podem ser feitas através do telefone (74) 3613 – 8210.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome