Evento propõe reflexão sobre o papel social do profissional de comunicação

1

CartazA Fundação Abrinq promoverá nesta terça-feira (20) em Juazeiro um  encontro com jornalistas sobre ‘Primeira Infância no Semiárido’. O evento e aberto ao público e acontecerá das 8h às 12h, no auditório Antônio Carlos Magalhães, localizado no Departamento de Tecnologia e Ciências Sociais (DTCS) da Uneb.

O objetivo do encontro é refletir sobre a função do profissional de comunicação que leva informação sobre direitos e cidadania, em qualquer parte do país. E discutir, principalmente, sobre o papel da imprensa na abordagem do terceiro setor (ONGs, por exemplo) e da ‘Primeira Infância no Semiárido’.

Para debater sobre o papel do jornalista enquanto prestador de serviços, foi convidada a jornalista Filomena Salemme, que atuou nos jornais Diário Popular, Diário Grande ABC, Rádio CBN e Grupo Estado de São Paulo, além do pedagogo e professor-doutor da Uneb, Josemar Martins (Pinzoh).

1 COMENTÁRIO

  1. O profissional da comunicação teria que ser figura de destaque e respeitadíssima na sociedade, todavia as empresas da comunicação teriam que ser de DNA com isenção comprovada. O profissional teria que ser bem formado de conhecimentos, talhado em forma moral exemplar e muito bem remunerado. Somente assim teríamos a opinião pública formada com verdades em prol do bem comum e absolutamente contra a corrução e as injustiças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome