Estudante levanta desconfiança sobre pagamento de participação em evento de Tecnologia na Facape

7

comprovante-de-pagamento

A estudante de Ciências da Computação da Facape, Maria do Carmo Silva, levanta um questionamento, neste Blog, sobre o pagamento das inscrições para a 16ª edição do Encontro Acadêmico de Informática (E-info). O evento começou no último sábado (22) e será encerrado nesta terça-feira (25).

A desconfiança da estudante é em relação à conta para depósito do pagamento, que seria de uma coordenadora do evento. “Achei muito estranho o fato do dinheiro das inscrições ser depositado numa conta pessoal da coordenadora, professora Vânia, no Banco Santander, e não numa conta da Facape, pois sei que se trata de uma instituição pública de ensino, onde não se deve misturar as coisas“, questiona Maria do Carmo.

A estudante relata que não sabe a quem pedir informações sobre a situação, mas deixa claro que quer uma explicação sobre o fato. “Acredito que sendo divulgada a minha desconfiança, alguém dê alguma explicação ou a professora explique“, explica. O Blog aguarda uma resposta da Facape. (foto/divulgação)

7 COMENTÁRIOS

  1. COMPLICADO E POR MAIS QUE SE PASSE EXPLICAÇÃO TA MEIO ESQUISITO ISSO … ALIAS NESTA FACAPE TUDO É ESQUISITO E DUVIDOSO MESMO. TA NA HORA D EUMA MUDANÇA SAUDÁVEL PARA RECUPERAR A INSTITUIÇÃO QUE APENSAR DE SER PUBLICA AGE COMO PARTICULAR, SE TEM VANTAGENS DE NÃO PAGAR IMPOSTOS POR SER PUBLICA NÃO JUSTIFICA POIS OS CURSOS ESTÃO CAROS E ENSINO DEIXA A DESEJAR. ESPERAMOS QUE COM A NOVA ADMINISTRAÇÃO QUE VEM AI TIRAR UMA TURMA QUE A ANOS NÃO FAZ NADA E ACABARAM A FACAPE EM TODOS OS SENTIDOS MUDE REALMENTE A FACAPE PARA MELHOR PRINCIPALMENTE JUNTO A NOTAS BAIXISSIMAS DADAS PELO MEC NO ENADE POR EXEPLO EM DIREITO E NÃO RECONHECIMENTO PELA OAB … QUE TIPO DE PROFISSIONAL ESTÃO FORMANDO AFINAL COM UM DESCASO DESTE ? VAMOS MUDAR A FACAPE JA PARA O BEM DA SOCIEDADE, ALUNOS, FUNCIONARIOS E DOS BONS PROFESSORES . TEM UM MONTE DE ERROS NA INSTITUIÇÃO QUE CADA VEZ MAIS CAI EM TUDO . OU RECUPERA OU FECHA .

    • Qual tipo de mudança você espera de uma pessoa que é um carrasco em sala de aula e que nunca foi, seque, um coordenador de curso? Qual bagagem ele tem para comandar uma instituição do porte da Facape? A Facape vai servir de cobaia para ele errar e aprender a comandar? Não entendo!!

  2. Informo, enquanto Coordenadora do Curso de Ciência da Computação da Facape que esta pessoa não consta em nosso registro acadêmico como aluna de Ciência da Computação e muito menos como aluna da Facape.
    Este nome apareceu na lista dos inscritos no mini curso (conforme a inscrição apresentada neste blog) e não compareceu. Salienta-se que tentamos contato pelo email cadastrado, sem êxito.
    Não só eu como toda Comissão do evento (composta por 12 professores do curso) está à disposição para qualquer esclarecimento. Informando ainda que toda prestação de contas, como nas outras edições, é realizada após o evento em reunião do Colegiado do curso.
    Por favor, solicito que verifique sua fonte e entre em contato conosco.

    Boa noite.

  3. A confiança é a mãe da credibilidade, e isto não se consegue do dia para noite! Não é algo que pode ser criado por decreto ou slogan, mas por meio de ações concretas. Ações estas que pude acompanhar nas 3 últimas edições do E-INFO, com a melhor coordenadora que tive o prazer de trabalhar, Vania Lasalvia, que na lisura de suas ações nunca deixou brecha para tamanho descalabro que passo a ler neste Blog!
    Inicialmente, compulsando detidamente os fatos, verifiquei, sem nenhuma dificuldade, que Maria do Carmo, que levanta o questionamento, não é aluna do curso de Ciências da Computação da Facape, como foi publicado neste blog “A estudante de Ciências da Computação da Facape, Maria do Carmo Silva, levanta um questionamento”, o que por si só já nos conduz a desconfiar da credibilidade da postagem, porém antes de adentrar no âmago da questão, acho bastante curioso uma materia descabida como esta ser publicada neste renomado Blog, com eleições marcadas para 04 de novembro na AEVSF- FACAPE, inusitado não? Ao final da declaração da falsa aluna ela diz: “A estudante relata que não sabe a quem pedir informações sobre a situação, mas deixa claro que quer uma explicação sobre o fato.”, deixa claro? Se o individuo tem defeito no carro, procura o mecânico, se for doença procura um funcionário na área da saúde, médico, hospital, e no caso descrito é dito “Achei muito estranho o fato do dinheiro das inscrições ser depositado numa conta pessoal da coordenadora, professora Vânia”, destaco o termo “Coordenadora”, e ainda assim não sabe a quem procurar? Juiz Moro? E por acaso ela acha que o evento E-INFO é de graça? Não tem custos? Logística, material, palestrantes, alimentação, dentre outros gastos! Ademais, em derradeiras considerações, ressalto que não há necessidade de comentários forjados como os que li acima, pois contra fatos não há argumentos, as eleições seja presidência, diretoria ou coordenação, tem que ser uma disputa de mentes, argumentos, propostas, e não palavras exdruxulas, escusas, descabidas, que me levam a crer que enquanto nosso país passa por tantas crises, desemprego, corrupção, ainda temos que lidar com tanta hipocrisia, falsidade, desconfiança e falta de credibilidade. Daniel Pereira Lima Filho – Aluno do Curso de Ciências da Computação da Facape atualmente cursando cadeiras do 5 período.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome