Estratégias para combater trabalho infantil em Petrolina são apresentadas em audiência pública

0
(Foto: Jonas Santos/Ascom PMP/Divulgação)

Mais de 130 pessoas se reuniram no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)/Petrolina, na quarta-feira (25), para discutir o enfrentamento ao trabalho infantil e o fortalecimento dos direitos das crianças e dos adolescentes.

A audiência pública ‘De mãos dadas contra o trabalho infantil’, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH) contou com representantes da sociedade e dos Poderes Públicos para discutir o tema. O encontro contou com palestras da consultora do município, Sandra Almeida, que falou sobre as Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (AEPETI) e da procuradora do Ministério Público do Trabalho, Ana Carolina Ribemboim, que orientou sobre aspectos legais do tema.

O secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Jorge Assunção, destacou a importância de fortalecer a rede de trabalho na defesa das crianças e dos adolescentes. “Ficamos felizes de estar aqui, com esse auditório lotado, vendo que a sociedade atendeu ao nosso chamado para discutir e refletir sobre o tema, para protegermos nossos meninos e meninas”, diz.

Participaram da mesa de abertura a secretária-executiva de Proteção Especial e Atenção à Pessoa Idosa, Ana Carolina Cavalcanti; a vice-presidente do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente, Adna Amorim; a representante da secretaria de educação, Sônia Passos; a articuladora do Selo Unicef , Kátia Carvalho; a representante do AEPETI, Sirleide Cerqueira; o secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Jorge Assunção e a procuradora do MPT, Ana Carolina Ribemboim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome