Estrada da Banana é a terceira via danificada pela Compesa para realização de reparo

6

Na manhã de ontem (27), a Avenida Hermes da Fonseca (Estrada da Banana) amanheceu com um grande buraco na pista para os ciclistas, feito pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) para a realização de um reparo na tubulação. Recentemente a avenida foi duplicada e foram investidos cerca de R$ 7 milhões.

De acordo com a Prefeitura de Petrolina, “a situação tem se tornado comum no município. Esse é o terceiro estouramento em uma via que tenha sido pavimentada recentemente. Essa mesma situação não ocorria há poucos meses na Estrada da Banana. A avenida novinha precisou ser aberta mais uma vez, mesmo com a rede de água e esgoto rebaixada pela Compesa antes do início da obra”.

A expectativa é de que até a próxima semana o conserto esteja pronto. A prefeitura afirmou que “irá fiscalizar a obra para que a qualidade do reparo não gere transtornos à população posteriormente”.

6 COMENTÁRIOS

  1. Caro prefeito, tanto Julio Lossio quanto você nos prometeram que nos livrariam da Compesa. Até quando teremos que aguentar esses desaforo dessa empresa, que faz o que pode para incomodar o cidadão petrolinense. Tome uma atitude e municpalize a gestão de água. Ou mesmo privatize, agora que Bolsonaro levantou a bola. Mas não pode deixar como está. Toda rua asfaltada da cidade, a Compesa quebra de novo em menos de 1 mês. Tem que processar uma empresa dessas. É o nosso dinheiro que está em jogo. Nossos impostos.

  2. Acho que a coisa tá descambando para o lado pessoal! A Compesa já sabe que não terá condições de assumir os serviços de abastecimento de água e tratamento de esgosto na cidade com a nova licitação; e, por picuinha ou vingança, vai danificar o que puder na cidade. A prefeitura deveria recorrer ao judiciário para impedir que obras que não sejam emergenciais sejam proibidas de serem realizadas pela referida companhia, do contrário, amargaremos mais prejuízos como esses na nossa cidade.

    • Vazamento não é obra emergencial, não????????. Nós reclamamos tanto, qdo um vazamento não é estancado imediatamente!!!! vc prefere deixar a agua jorrando. Alem do prejuízo da perda da água, ainda vai danificar o asfalto

      • Se houve vazamento, o serviço deve ser feito; aliás, foi exatamente isso que falei acima. Agora, se não há emergência, como em vários casos que ocorreram, aí sim ma Compesa deveria ser impedida de fazer. É só interpretar o texto que escrevi.

  3. Interessante ás observações, gostaria quem alguém me explicasse como se faz uma manutenção ou reparo em uma rede de esgoto e água sem ter acesso á ela… Vão tirar á Compesa, á empresa que vai entrar vai aumentar á tarifa, o serviço vai ser o mesmo, vão comer o dinheiro uns 20 ou 30 anos e depois acaba voltando para á Compesa á conceção… Isso tudo é só o vírus chamado politicagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome