Pernambuco é 3º em casos de tuberculose

por Carlos Britto // 24 de março de 2009 às 22:30

Pernambuco é o terceiro Estado brasileiro em caso de incidência de tuberculose. Todos os anos cerca de 4,2 mil pernambucanos são vítimas da doença. Desse universo, 370 chegam a falecer, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Para reverter estes índices, até a próxima sexta-feira serão realizadas atividades informativas sobre a enfermidade.

De acordo com a coordenadora de prevenção à tuberculose da SES, Goretti Godoy, a meta é alertar a população sobre a importância do diagnóstico precoce da doença. “Quanto mais rápido a tuberculose for detectada, maiores as chances de cura e menor o risco de contágio”, explicou.

Fonte: Jornal do Commércio

Pernambuco é 3º em casos de tuberculose

  1. OTACÍLIO NOBRE disse:

    ISSO É MAIS UMA CONQUISTA DO GOVERNO EDUARDO CAMPOS. NÃO É DE ADMIRAR ESSA COLOCAÇÃO, NÃO TEMOS INVESTIMENTOS ADEQUADOS EM SAÚDE NESSE ESTADO, FALTAM INVESTIMENTOS EM ATENÇÃO BÁSICA, TUBERCULOSE SÓ SE ERRADICA FAZENDO INVESTIMENTOS EM ATENÇÃO PRIMÁRIA. É UMA VERGONHA PESSOAS MORREREM VÍTIMAS DE TUBERCULOSE, DOENÇA DE PAÍSES POBRES. AINDA DIZEM QUE O ESTADO DE PERNAMBUCO ESTÁ EM PLENO CRESCIMENTO, SÓ SE FOR NOS CASOS DE TUBERCULOSE E NO NÚMERO DE HOMICÍDIOS.

  2. OTACÍLIO NOBREo disse:

    OLHA BRITO, ATÉ QUE PONTO ESTÁ A SAÚDE NO NOSSO ESTADO, O HOSPITAL UNIVERSITÁRIO OSVALDO CRUZ, RECENTEMENTE NOTICIADO EM TODOS OS JORNAIS DO BRASIL POR TER REALIZADO A PRIMEIRA CURA DE RAIVA HUMANA NO NOSSO PAÍS, ESTÁ PRESTES A FECHAR AS PORTAS POR FALTA DE MEDICAMENTOS E MATERIAIS BÁSICOS.MAIS UMA VERGONHA E UM DESCASO COM A SAÚDE DOS PERNAMBUCANOS. ESTOU ENVIANDO A NÓTÍCIA QUE FOI POSTADA NO SITE DO CREMEPE.
    O presidente do Cremepe, André Longo, juntamente com o 2º secretário do conselho, José Carlos Alencar, esteve na manhã desta segunda-feira (23) com o diretor do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), Ricardo Coutinho, e demais chefes de serviço, para discutir sobre a situação da unidade, que teve seus atendimentos suspensos por falta de material médico-hospitalar.

    Com a paralisação, houve uma redução de 308 leitos de internação e 38 vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Apenas doentes com tétano e raiva estão sendo atendidos. “A situação do Huoc é gravíssima. O conselho acionará a Secretaria de Saúde do Estado para tentar suprir, de imediato, as necessidades dos doentes internados”, afirma Longo.

    O Cremepe aguarda, ainda, uma posição da Secretaria de Ciências e Tecnologia no que diz respeito aos desembolsos de recursos anteriormente acordados com os hospitais. “Não podemos deixar que a população seja a principal vítima do déficit de 14 milhões de reais”, enfatizou Longo.

  3. OTACÍLIO NOBRE disse:

    O GOVERNADOR PROMETEU CONSTRUIR 3 HOSPITAIS EM PERNAMBUCO DURANTE O SEU MANDATO,MAS DO QUE ADIANTARÁ MAIS 3 HOSPITAIS NOVOS , SE NÃO HÁ DINHEIRO PARA SE MANTER OS QUE ESTÃO AÍ !O HOSPITAL UNIVERSITÁRIO OSVALDO CRUZ É REFERÊNCIA NO ESTADO EM DOENÇAS INFECTO-CONTAGIOSAS E EM TRANSPLANTES HEPÁTICOS, DEVERIA SER OLHADO COM OUTROS OLHOS PELO GOVERNO ATUAL. CANSEI!, ENTRA GOVERNO ,SAI GOVERNO, NÃO MUDA NADA, É SEMPRE A MESMA CONVERSA DE POLÍTICO, PROMESSAS INFUNDADAS E VAZIAS, O POVO SEMPRE SERÁ PENALIZADO COM A POBRE ASSISTÊNCIA PRESTADA DURANTE SUA ENFERMIDADE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *