“Esse deputado nunca entrou em uma viatura”, diz comandante geral da PMBA, após anúncio de greve

5
Coronel Anselmo Brandão. (Foto: Raul Spinassé/Agência A Tarde)

O comandante geral da Polícia Militar da Bahia (PMBA), Coronel Anselmo Brandão, reafirmou na manhã desta quarta-feira (9), durante entrevista ao programa ‘Isso é Bahia’, transmitido pela rádio A Tarde FM, que a tropa não está em greve e que o deputado estadual e militar, soldado Prisco (PSC) está mobilizando 300 policiais, em sua maioria aposentados.

Ele é o responsável por essa onda de fake news. Não estamos em greve. Na troca de plantão ontem (8) não teve uma falta. Esse cidadão, de forma irresponsável, mobilizou 300 policiais, em sua maioria aposentados. Ele causou um prejuízo de mais de um milhão para o comércio na última greve. Se houver alguma violação do nosso regimento jurídico na questão da disciplina nós vamos tomar ações legais. Em Feira de Santana e Ilhéus não temos nenhuma mobilização. Ele se elegeu com essa bandeira do terror, mas a nossa tropa não vai cair mais nessa“, asseverou Anselmo Brandão.

Os policiais não vão entrar de novo nesta onda. Ele (Prisco) vai ficar com o discurso dele por si só. Ele permanece (no quadro da Polícia Militar) por uma questão da justiça. Foi reintegrado recentemente. É um deputado que nunca entrou em uma viatura, que pouco trabalhou e que não tem histórico de vivência policial, e que agora quer pousar como um mártir“, criticou, garantindo reforço do policiamento nas ruas. (Fonte: Jornal A Tarde)

5 COMENTÁRIOS

  1. A militares é proibido fazer greve, mas infelizmente anistiam policiais grevistas, o resultado é este ai.

    Caso não estejam satisfeitos com a carreira, procurem outras alternativas, simples, mas quando abrem concurso, milhares e milhares querem entrar na PM.

  2. Só digo uma coisa, para quem não sabe oficial não trabalha em viatura! É um cargo administrativo! De tenente para cima todos têm suas salas, e ganham bem mais que um praça, o risco também e bem menor é só olhar as estatísticas de morte ou suicídio! Agora acredita no governo quem quer, veja o que realmente está acontecendo, obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome