Escritores locais aproveitam vitrine do 2º Flisertão para mostrarem seu talento

por Carlos Britto // 23 de julho de 2022 às 21:35

Foto: Ayrton Latapiat/Ascom PMP SEDUCE

Com um expressivo número de escritores e escritoras locais, Petrolina abriu espaço para essa turma mostrar todo o seu potencial durante o 2º Festival Literário do Sertão do São Francisco (Flisertão). Por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEDUCE), que organiza o evento juntamente com a Andelivros, esses ‘artistas’ da letra puderam apresentar e lançar suas obras.

Ao longo da programação do festival, 37 lançamentos de livros estão previstos para acontecer até o final de semana, sendo que foram cadastradas 60 obras para comercialização no estande destinado a 40 escritores locais, e 25 convidados para oito mesas temáticas. Segundo o professor e escritor Hélio de Araújo, um dos autores participantes desta edição, a iniciativa do FliSertão é extremamente importante por se tratar de um grande evento e bastante movimentado.

É uma ótima oportunidade dos alunos da rede municipal e demais moradores de Petrolina fazerem contato com uma quantidade expressiva de obras e também com o escritor regional. Eu sou um desses escritores e tive a oportunidade de falar no espaço destinado a nós, onde pude apresentar e falar sobre meus livros, além de manter contato com vários leitores e isso para mim é uma alegria“, comemorou o escritor.

Crescimento

O secretário-executivo de Educação Integral e coordenador dos lançamentos e comercialização das obras de autores e autoras locais, Moisés Almeida, é muito gratificante proporcionar mais visibilidade a toda a produção literária da região, com obras das mais variadas temáticas e gêneros, num evento de grande impacto como o FliSertão.

Para nós foi uma ótima surpresa o crescimento de inscrições de autores locais, se comparado a primeira edição do festival. Isso é importante para a Secretaria de Educação porque nós trabalhamos com literatura, com cultura, e incentivo à leitura. Ter os escritores locais no evento também é fundamental porque estamos montando uma rede de contatos. Alguns desses autores estão disponíveis para irem até as escolas conversar com os estudantes, então as portas que estão sendo abertas aqui são bastante largas“, ressaltou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.