Escolas municipais de Petrolina deverão atingir meta inédita na alfabetização

por Carlos Britto // 13 de dezembro de 2023 às 18:37

Foto: Deivid Menezes/Ascom PMP SEDUCE

A rede municipal de ensino de Petrolina deverá fechar 2023 com a meta estabelecida de 100% dos estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental devidamente alfabetizados na idade correta – ou muito perto disso. A marca deverá colocar o município sertanejo como referência para todo o país. 

De acordo com a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (SEDUCE), a alfabetização na idade certa é um grande passo para que essas crianças possam galgar a sua cidadania plena e trilhar caminhos que possam garantir sucesso no futuro. Desde 2017, a prefeitura municipal desenvolve um planejamento de ações específicas voltadas para o desenvolvimento dos alunos, que tem dado resultados relevantes de melhorias e evolução, fazendo com que mães e pais de alunos se sintam, cada vez mais, confiantes em matricular seus filhos nas escolas da rede municipal. 

Para chegar a esse marco histórico, a pasta estabeleceu uma gestão de educação orientada por dados. A partir dos índices de alfabetização e aprendizagem é possível acompanhar de perto as necessidades pontuais de cada aluno, bem como oferecer aquilo que este, verdadeiramente, precisa para se desenvolver. 

Vale destacar que os alunos do 2º ano da rede municipal contam com material pedagógico de qualidade, atividades diferenciadas e são submetidos a avaliações diagnósticas, que é um processo capaz de entregar uma visão completa da situação dos estudantes, por onde a gestão, juntamente com as instituições de ensino, conseguem verificar os resultados das ações implementadas e, sobretudo, quais os novos desafios a serem enfrentados. 

A SEDUCE também vem ofertando, através da Escola do Saber, formações continuadas para que os professores, coordenadores pedagógicos e gestores escolares possam desenvolver um trabalho de excelência no processo de alfabetização. 

Princípio essencial 

A professora Jaqueline Macedo do Vale, da Escola Municipal Ariano Suassuna, reforça que aprender a ler e a escrever é um princípio básico e que deve ser valorizado, visto que é o passo inicial de uma vida de realização de sonhos. “O esforço de cada professor e de cada gestor é para garantir a alfabetização na idade correta. A função social do educador é garantir que a aprendizagem de cada criança seja efetiva não só do ponto de vista dos conhecimentos e habilidades, mas também da própria colocação do indivíduo enquanto cidadão de direitos que precisa ter acesso aos bens e aos meios que garantem a sua sobrevivência plena e digna“, finaliza. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. A verdade é a seguinte: só vai, só funciona assim. Não adianta conversinha com essas OTORIDADES. Essas OTORIDADES têm compromisso…