Equipes da prefeitura fiscalizam atendimento em agências bancárias após último decreto do prefeito Paulo Bomfim

0
Foto: Ascom PMJ/divulgação

Equipes de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb) em parceria com a Guarda Civil Municipal (GCM) de Juazeiro (BA), estão em campo para orientar os responsáveis e funcionários das agências bancárias, bem como a população, desde o último decreto baixado pelo prefeito Paulo Bomfim, na última segunda-feira (23), suspendendo os atendimentos devido ao novo coronavírus (Covid-19). Na manhã de ontem (26) as equipes percorreram as agências da Caixa Econômica, Bradesco, Banco do Brasil e Itaú, esclarecendo quanto ao espaçamento de uma pessoa para a outra, entre outras explicações.

As agências não estão funcionando e toda a nossa orientação foi voltada principalmente aos responsáveis e funcionários, para que mantenham a organização nas filas que estão se formando para utilizar os terminais de autoatendimento“, explica o coordenador de ordenamento urbano, Marcos Leite.

A dona de casa Marisa Almeida estava aguardando na fila para realizar um depósito bancário. Ela achou a atitude válida. “A maioria das pessoas por falta de informação ou ansiedade em voltar para casa, não obedece a uma orientação tão simples, que é a de manter uma distância mínima de um metro de uma pessoa para outra. E são essas medidas simples que fazem muita diferença no combate a esse mal que está causando tanto pânico“, afirmou.

De acordo com o prefeito Paulo Bomfim, a ação se mostrou necessária, uma vez que os números de casos suspeitos da doença têm aumentado no Estado e no país. “É nosso dever, como poder público, adotar todas as medidas necessárias para garantir a segurança e a saúde de nosso povo. Seguindo às recomendações das autoridades sanitárias, e tomando todos os cuidados necessários, poderemos frear o contágio dessa doença”, enfatizou.

Decreto

De acordo com o decreto 266/2020, o atendimento presencial nos estabelecimentos das instituições bancárias do município de Juazeiro está suspenso desde a terça-feira (24). Nas agências e postos deverá funcionar  somente o autoatendimento,  com  controle  de acesso e sinalização horizontal indicando a distância mínima de um metro entre cada pessoa. Entre outras medidas constantes no decreto estão o fechamento do comércio, do Camelódromo e das feiras livres, dos bares e restaurantes; a suspensão de cobrança da Zona Azul e restrições de acesso ao Mercado do Produtor, que também teve impedido o acesso de caminhoneiros oriundos de cidades com casos confirmados da Covid-19; e a suspensão de atividades em quaisquer equipamentos públicos destinados às práticas de esporte e lazer como nos casos do Parque Fluvial, da Orla 2 e do Parque Lagoa de Calu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome