Entidades do comércio paulista pedem reabertura parcial de lojas a partir do dia 1º de maio

0
Foto: Valor Econômico/reprodução

A Federação das Associações Comerciais do Estado São Paulo (Facesp) e a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) estão pedindo aos governantes para que o comércio seja parcialmente reaberto a partir do dia 1º de Maio, Dia do Trabalho, obedecendo às devidas regras de segurança para evitar que os efeitos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que já afetam a saúde de milhares de pessoas no Brasil, não se perpetuem na economia.

Segundo as entidades, a paralisação do varejo, que deveria primeiramente se encerrar nesta quarta-feira (22), significa a não circulação de R$ 1 bilhão por dia. O governador João Dória anunciará nesta tarde um plano de saída do isolamento, mas ele disse ao Jornal Folha de S.Paulo que todos os detalhes só serão repassados no próximo dia 8 de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome