Enaltecendo papel dos servidores, Lossio lança Plano Municipal de Educação

por Carlos Britto // 30 de junho de 2015 às 18:29

lançamento lossio PMEEnaltecendo o papel dos servidores da área, o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, lançou na manhã desta terça-feira (30) o Plano Municipal de Educação (PME). O documento estabelece 20 metas e estratégias para o setor nas redes pública e privada de ensino, com duração entre os anos de 2015 e 2025. A solenidade de lançamento do PME aconteceu no gabinete da prefeitura, que ficou lotado. Além do secretário de Educação, Heitor Leite, o evento contou também com a presença do ex-deputado Osvaldo Coelho, além de vereadores aliados, líderes comunitários e educadores.

Em seu discurso, Lossio fez questão de ressaltar a importância que a Secretaria de Educação (Seduc) e, sobretudo, seus servidores, terão na eficácia do PME. “Isso é o que devemos fazer, dentre as milhões de ideias que temos: ter alguém que possa concretizá-las e transformá-las em algo de concreto para a população”. Segundo ele, os educadores são “pilotos de um avião. E um avião não vai a lugar nenhum se não tiver um bom piloto”.

O secretário de Educação, Heitor Leite, chamou atenção também para a necessidade de um bom planejamento. “Nós não conseguiremos chegar a lugar algum, se não tivermos planejamento“, frisou. Ainda de acordo com Heitor Leite, a cidade prepara-se agora para uma nova fase. “Vamos para uma etapa que não é fácil. Vamos para o momento de colocá-las (as metas PME) em prática”, concluiu, lembrando que ações já são executadas em busca dos melhores resultados.

Exemplo disso foi a conquista de Petrolina em primeiro lugar no Sistema de Avaliação Educacional de Pernambuco (SAEP), na região do Submédio São Francisco e também, do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que se destacou à frente de 22 capitais brasileiras.

Além do PME, Lossio também assinou ordens de serviços para a construção de uma nova escola no Quilômetro 25 (Perímetro Maria Tereza) e a reforma de outras 29 unidades de ensino, passando pela ampliação das unidades escolares e aquisição de novas salas, conjuntos de banheiros com acessibilidade, cozinha, quadras e pátios. (fonte/foto: Ascom PMP/divulgação)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *