Em São José do Egito, campanha de Romério Guimarães dá sinal de fadiga e candidato a vice desabafa: “Acho difícil”

0
Foto: arquivo

Em São José do Egito (PE), Terra da Poesia no Sertão do Pajeú, a campanha do candidato a prefeito Romério Guimarães (PP) parece ter acusado o golpe após a saída do seu coordenador geral, Edvaldo Campos, há quase duas semanas. Segundo informações de bastidores recebidas pelo Blog, o início tímido da campanha de Romério, somado a divergências internas, motivaram Edvaldo a tirar o time de campo.

Nesta semana, o candidato a vice-prefeito da chapa, Antonio Andrade, em áudio amplamente divulgado nas redes sociais, parece jogar a toalha. Ele fala da dificuldade de fazer campanha com “o povo do branco”, em alusão à cor adotada pela campanha de Romério, agravando a situação interna do grupo político e externando o desânimo que toma conta da campanha do ex-petista.

Estou achando a campanha muito difícil, e a dificuldade da campanha é o nosso povo mesmo que está plantando, o povo de branco”, declarou. Andrade chegou a fazer uma comparação entre a militância de Romério com a do seu adversário, Evandro Valadares (PSB). “Acho muito difícil a gente progredir do jeito que está. Agora, se o povo da gente fosse como o povo de Evandro, que briga, que vai atrás do voto…”, completou (confiram o áudio abaixo).

Enquanto isso, Roseane Borja (MDB), também da oposição, vai ocupando os espaços e ganhando força na disputa. No entanto, o cenário na cidade é indefinido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome