Em Petrolina, vítima de assédio usa rede social para fazer denúncia e alerta autoridades

11

Nesta quarta-feira (13) uma jovem usou sua conta no Instagram para fazer um desabafo sobre as ameaças que vem sofrendo do ex-namorado, que não aceita o fim do relacionamento. Autoridades se manifestaram em apoio.

Em um vídeo com mais de 3 mil visualizações, Janaina Coelho revela detalhes sobre o relacionamento que vivenciou durante dois anos. “Eu não mereço passar por tudo isso. Ele morou na minha casa durante dois anos, eu o ajudei financeiramente, psicologicamente e em muitos outros pontos da vida dele, eu confiei nele como meu companheiro e não aceitando o fim do nosso relacionamento, ele me ameaça, me ofende e afasta qualquer pessoa que se aproximar de mim”, revela em legenda.

“Não tenho coragem de sair de casa, porque eu tenho medo. Já fui à delegacia e já registrei cinco queixas contra ele e ele nunca foi chamado. Eu só quero ter a minha vida, quero que ele me deixe em paz. Eu não quero ir para a estatística de feminicídio neste país”, completou no vídeo.

Além da denúncia, um apoio em especial foi procurado na publicação – o da deputada estadual a delegada Gleide Ângelo (PSB), que tem uma vasta atuação no combate e prevenção de feminicídios em Pernambuco.

Com diversas marcações na publicação, Gleide Ângelo respondeu de pronto. “Amiga, me mande com urgência seu telefone pelo direct que ligo para você agora. Mas já adianto umas orientações: Em Petrolina tem a Delegacia da Mulher. A delegada é Isabela. Também tem a Secretaria da Mulher com Psicólogo e assistente social. Vá até a delegacia que Isabela te orienta e requer as medidas protetivas. Se quiser, mande o fone que ligo para você agora”, escreveu.

A secretária-executiva de Juventude, Direitos Humanos, Mulher e Acessibilidade de Petrolina, Bruna Ruana, visitou a jovem e a acompanhou até a 214ª Delegacia de Polícia onde estiveram com delegada Isabela Fonseca da 3ª Delegacia Especializada de Assistência à Mulher.

Em breve publicaremos novas informações sobre o caso.

Outro lado

Nossa equipe entrou em contato com o acusado que afirmou aguardar orientações do advogado, para então se posicionar sobre as acusações.

11 COMENTÁRIOS

  1. O que mais tem em Petrolina são “homens” que se acham os donos das mulheres. Basta ver no dia a dia e nas festas e eventos: Um comportamento super protetivo desnecessário, onde se incomodam até quando as pessoas olham. Refletindo claramente a insegurança destes. Coitados…

  2. Conheço homens que estão prestes a morrer ou estão apanhando na cadeia por mulheres que , simplesmente não aceitam o fim do relacionamento , vamos também ver o outro lado , depois da lei Maria da Penha muitas delas querem se aproveitar, muita paz muita e luz pra todos.

    • ✊ como esses homem estão presos? Só pelo simples fato de uma denúncia, sem base jurídica alguma? Acho muito difícil. É fato que a mulheres exagera nos seu direito. Mas a maior vitima são as mulheres não os homem. Não acredito que uma mulher dessas iria se expor só pra mentir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome