Em Orocó, dono de bar é detido após descumprir medidas preventivas contra novo coronavírus

por Carlos Britto // 23 de março de 2020 às 09:56

Uma equipe do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) da 2ª Companhia Independente (CIPM) prendeu na tarde de ontem (22), em Orocó (PE), Sertão do São Francisco, um comerciante por descumprir o decreto estadual baixado pelo governador Paulo Câmara, referente às medidas de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19).

Segundo o boletim, o homem seria proprietário de um bar localizado às margens da BR-428, que estava funcionando normalmente – o que é proibido pelo decreto. A polícia percebeu também uma aglomeração de clientes no local.

Um dos pontos do decreto, que passou a vigorar desde ontem, estabelece a suspensão de restaurantes, bares lanchonetes e bares, permitindo apenas o serviço de delivery. O comerciante foi encaminhado à delegacia de Santa Maria da Boa Vista (PE), onde foi registrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra ele.

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *