Em nota, PSOL repudia participação de Bolsonaro em ato de extrema-direita e pede afastamento do presidente

11
Foto: Gabriela Biló/Estadão

Em nota de repúdio emitida pelo seu presidente, Juliano Medeiros, o PSOL nacional reprovou veementemente a participação do presidente da República Jair Bolsonaro na manifestação de ontem (19), promovida por correligionários de Bolsonaro.

A participação de Jair Bolsonaro numa manifestação que, dentre outros propósitos, pedia a intervenção das forças militares contra os demais poderes da República, é uma grave afronta à democracia e à Constituição Federal. É, também, uma afronta às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), que tem desestimulado eventos públicos e quaisquer formas de aglomeração”, frisou a nota.

Ao juntar-se a um ato organizado por forças de extrema-direita, Bolsonaro também desrespeita o esforço de milhões de brasileiros e brasileiras, que têm lutado para manter ao máximo o isolamento social, única medida comprovadamente eficaz para que a pandemia de coronavírus não leve nosso sistema de saúde ao colapso. O PSOL repudia a presença de Bolsonaro no ato de hoje (ontem). Essa provocação soma-se a outras tantas e comprova que ele não tem mais condições de seguir governando. É preciso que Bolsonaro deixe o poder imediatamente, pelos meios constitucionais disponíveis, para que o Brasil não siga sob as ameaças de um genocida”, encerrou a nota.

11 COMENTÁRIOS

  1. GENOCÍDIO:
    Aprenda a pronunciar
    substantivo masculino
    1. extermínio deliberado, parcial ou total, de uma comunidade, grupo étnico, racial ou religioso.
    “o g. de judeus na Segunda Guerra Mundial”
    2. POR EXTENSÃO
    destruição de populações ou povos.
    “uma guerra nuclear resultaria num verdadeiro g.”
    O que Bolsonaro fez para esse anencéfalo – em se tratando de extrema- esquerda é um pleonasmo – chamá-lo de GENOCIDA? Sequer sabem conceituar ações, palavras ou atos de um gestor? Discordem, escória que arrastou o pais para o buraco, mas mentiras e exageros desonestos não serão tolerados. Só podia ser o partideco anão do Jean Willis. Pulhas…

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome