Em nome da unidade, PT de Petrolina abraça Odacy e adia projeto de renovação

por Antonio Carlos Miranda // 08 de abril de 2024 às 09:06

Foto: Blog do Carlos Britto

Discussões internas dentro do Partido dos Trabalhadores (PT) são, tradicionalmente, sempre muito difíceis em torno de um consenso. Não foi diferente, agora, com a oficialização do ex-prefeito Odacy Amorim para disputar novamente a Prefeitura de Petrolina nas eleições de outubro. Mas a novidade, diferentemente das últimas eleições, é que houve consenso. O PT já planeja, inclusive, realizar um evento para anunciar a pré-candidatura de Odacy – o que deve acontecer brevemente.

Conforme uma fonte do Blog, o partido tinha a intenção de lançar um nome novo para a disputa majoritária. Parte da legenda defendia fortemente o superintendente do Hospital Universitário (HU), Julianeli Tolentino, para encarar esse desafio. Uma pesquisa interna chegou a ser encomendada pelo PT acerca do nome mais indicado.

Apesar do índice de rejeição elevado do ex-prefeito, o grupo que defendia o nome de Julianeli ponderou e pensou na unidade da legenda para 2024. Para isso, lideranças de peso do PT, a exemplo do senador Humberto Costa e outras em nível nacional, além do vereador Gilmar Santos e do diretório municipal, foram consultadas.

O martelo foi batido após várias conversas, incluindo uma reunião na residência de Julianeli, que contou com o próprio Odacy e membros do PT local. “A gente (o grupo que apoiava Julianeli) vinha construindo esse entendimento, e não foi de uma hora pra outra, de que talvez, a despeito da rejeição que havia em torno do nome de Odacy, a gente conseguiria construir uma unidade mais fácil do que se fosse o inverso (o nome de Julianeli)”, justificou.

Evitando desgaste

A decisão desapontou muita gente dentro do PT, mas a explicação foi clara. “A gente mostrou que não queria levar essa disputa às últimas consequências, porque a gente acha que seria um desgaste maior pro partido, pra candidatura, do que ter o nome de Odacy nesse momento”, pontuou. Provavelmente o evento que anunciará a nova pré-candidatura de Odacy deverá ter em Petrolina a presença de Humberto Costa e da senadora Teresa Leitão.

Em nome da unidade, PT de Petrolina abraça Odacy e adia projeto de renovação

  1. Sempre Atento disse:

    Só Deus na causa,agora ele vai começar a conhecer Petrolina e o interior de novo,já que só vivia em Recife.

  2. Petrolinense disse:

    Vai perder novamente.
    Partido das Trevas nunca mais!

  3. Vitória de Petrolina. disse:

    Já ganhou, tam, tam, tam,……… Já ganhou, tam, tam, tam…….

  4. EDILBERTO disse:

    Acho que no Brasil deveria ser proibido partidos comunistas, se fala tanto em democracia e comunista é ditadura cruel, regime de exceção. Temos ai o ex presidiario endeusando países comunistas, petista é comunista. É um retrocesso, se falar em comunismo no Brasil, precisamos evoluir e não retroceder. Não existe COMUNISMO DEMOCRÁTICO!! É MENTIRA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. Um Petrolinense real, assim foi Fernando, pois uns chamado carinhosamente de besourinho. Eu me lembro muito bem do SAMBOSSA, Fernando,…