Em live do Blog, prefeito de Araripina destaca esforço para arrumar “bagunça administrativa” e sinaliza presidente da Câmara como vice

0

Na reta final do seu primeiro mandato, o prefeito de Araripina (PE), Raimundo Pimentel (PSL), bateu um papo na noite de ontem (8) na live do Blog do Carlos Britto. Ele falou sobre os desafios da sua gestão, obras na cidade, a sua cura do novo coronavírus (Covid-19) e, claro, sobre política, já que é pré-candidato natural à reeleição da maior cidade do Sertão do Araripe.

Pimentel destacou o esforço realizado em três anos para organizar a máquina pública municipal que herdou “totalmente bagunçada”, com duas folhas salariais em atraso e milhões em dívidas de previdência e precatórios. Segundo o prefeito, hoje a prefeitura tem o nome limpo no CAUC – o ‘SPC/Serasa’ das prefeituras – e nenhuma dívida judicial de precatórios.

Com o nome limpo, o município pode realizar convênios e receber recursos federais, além das transferências obrigatórias, que são usadas para a gestão administrativa. Foi em um destes convênios, com a Codevasf, que possibilitou que a prefeitura realize o maior programa de infraestrutura urbana com a pavimentação em asfalto de 15km de ruas e avenidas e mais 70 mil m² em calçamentos em diversos bairros.

Eleições

Questionado sobre as eleições 2020, Pimentel disse que no momento oportuno esse tema será debatido pelo seu grupo político. No entanto adiantou que, “por mérito e lealdade junto ao grupo”, o nome ideal seria o do atual presidente da Câmara de Vereadores, Evilásio Mateus (DEM).

Segundo Pimentel, desde o início da sua gestão o grupo cresceu com a chegada de lideranças expressivas que não o apoiaram na campanha de 2016. Atualmente, o vice-prefeito Bringel Filho (PP) está rompido com Pimentel, mas segundo o gestor, não existe nenhuma mágoa e ele compreende o desejo de uma candidatura própria do seu vice.

Coronavírus

Diagnosticado com a Covid-19, Pimentel cumpriu os 15 dias de isolamento social em sua casa. Ele disse que esteve assintomático por todo esse tempo. Classificado como recuperado desde segunda-feira (8), o prefeito agora imprime um ritmo acelerado de obras na cidade e nos distritos. Segundo ele, as atividades econômicas voltarão a funcionar de acordo com o cronograma estabelecido pelo governo do Estado com todas as medidas de distanciamento e higiene, uma vez que não existe vacina para a Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

12 + catorze =