Em greve, técnicos da Univasf cobram agilidade em acordo que assegura aumento para categoria

0

univasfRepresentantes dos mais de 380 Técnicos Administrativos em Educação (TAEs) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) foram à sede da instituição na manhã desta terça-feira (29), em Petrolina, na tentativa de se reunir com o reitor Julianeli Tolentino.

Os servidores – em greve há mais de 35 dias –  cobram um posicionamento do governo federal com relação ao um acordo que estabelece  aumento de 27,7% para a categoria.

De acordo com a técnica Cíntia Naiane, a categoria quer garantir a assinatura do acordo, e assim evitar perdas ainda maiores para os trabalhadores. “Nós queremos uma resposta e vamos assinar este acordo logo, para não ter perdas ainda maiores”, disse. Segundo informações repassadas ao Blog, até o final da manhã os servidores ainda não teriam conseguido falar com o nenhum representante de Univasf. (foto: Marco Aurélio/para o Blog)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome