Em estreia de talk show do Blog, Miguel vê números positivos do seu governo em 2017: “Fizemos quase metade em um ano do que fizeram em quatro”

4

Convidado de estreia do Talk Show do Blog, o prefeito de Petrolina Miguel Coelho (PSB) viu 2017 ser encerrado com números positivos no seu primeiro ano de mandato, mesmo num cenário ainda de muitas dificuldades. Na entrevista com Carlos Britto, ontem (10), o gestor voltou a lembrar da dívida de R$ 230 milhões que herdou da gestão passada, mas disse ter conseguido projetar para esse ano um déficit de R$ 80 milhões.

Miguel frisou também que, à base de muito esforço, a administração economizou R$ 28 milhões aos cofres públicos, o suficiente para garantir um reajuste aos professores da rede municipal e demais categorias do quadro efetivo. O prefeito destacou que no primeiro ano da gestão, elevou a capilaridade de investimentos com recursos próprios do município.

“Fizemos em um ano quase metade do que o governo anterior fez nos últimos quatro anos”, declarou o prefeito. Além de “rearrumar” a casa, Miguel também fez questão de destacar o alinhamento político com o governo federal, que viabilizou para Petrolina recursos destinados à duplicação da Avenida Sete de Setembro, no valor de R$ 21 milhões.

Depois de 11 anos Petrolina volta a ver uma avenida de grande porte duplicada”, lembrou.

O gestor adiantou ainda que até o final de fevereiro espera dar a ordem de serviço para a construção de dois viadutos na mesma região, que somam R$ 15 milhões. O irmão de Miguel, ministro Fernando Filho (Minas e Energia) foi um dos articuladores dessas obras.

Pontal

Outra conquista junto ao governo federal, conforme o prefeito, foi a abertura de licitação do Projeto Pontal para lotes irrigados destinados aos colonos. “Há mais de 20 anos o projeto era discutido e não saía do papel. Com as graças de Deus e com todo empenho dessas forças política em Brasília, conseguimos injetar no ano passado R$ 33 milhões, e nesse primeiro semestre o governo federal vai investir mais de R$ 30 milhões e vamos fazer a licitação de 2.500 hectares”, pontou.

4 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente, não vejo nesses números nenhuma aplicação no bairro Caminho do Sol, local que o prefeito Miguel parece não enxerga o abondono, mesmo estando em uma área central da cidade.
    Enquanto o blog fala de números positivos, no Caminho do Sol só temos uma avenida repleta de buracos e ruas sem qualquer pavimentação.

  2. exagerado o prefeito…. ele achar nem sempre é sinal que vai bem, pois tem muitos funcionario dele mesmo que reclama e que ja ouvir falar que ele nao se reelege. entao pra mim isso é midia, porque um proprio cargo da prefeitura falar isso é porque ele nao vai bem nao no seu mandato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

7 + sete =