Em despedida da Alepe, Teresa Leitão destaca participação feminina na política

por Carlos Britto // 22 de dezembro de 2022 às 17:00

Foto: Reprodução

O avanço da participação de mulheres em cargos eletivos em Pernambuco foi tema de destaque no discurso de despedida da deputada estadual Teresa Leitão no plenário da Assembleia Legislativa nesta quarta (21). “Estão saindo diretamente da Alepe, do exercício de deputada estadual, a próxima vice-governadora, Priscila Krause; e a primeira senadora por Pernambuco, Teresa Leitão. A Alepe, de tantos homens que fizeram e fazem história em Pernambuco, vai se tornando uma Casa feminina!”, bradou a senadora diplomada.

Emocionada, Teresa Leitão se despediu dos colegas parlamentares presentes à última sessão desta legislatura e recebeu muitas palavras de carinho. A vice-governadora diplomada Priscila Krause, homenageou Teresa em seu discurso, elogiando a postura da pessoa e da parlamentar. Com igual deferência se manifestaram os demais deputados que ocuparam a tribuna, como José Queiroz, Jô Cavalcanti, Clodoaldo Magalhães, Eriberto Medeiros, Simone Santana.

Na sua fala, Teresa Leitão lembrou do início da sua vida política e das expectativas do primeiro mandato como deputada estadual, iniciado em 2003. Falou sobre sua experiência nesses cinco mandatos consecutivos, e agradeceu “a todos e todas que caminharam comigo por todos esses anos e, em especial, neste momento eleitoral. Os que concordaram, os que discordaram, os que deram a mão, os que acreditaram, os que me desafiaram”. Sobre o sentimento de despedida, revelou que “Toda a riqueza dessa convivência vai deixar saudade, marcas de aprendizagens, afetos e desafetos”.

Sobre o protagonismo feminino na política, ela avaliou como “sinal dos tempos”: “De um tempo no qual as mulheres não querem mais se calar, embora ainda silenciadas pelo machismo. De um tempo no qual as mulheres querem viver plenamente, embora violentadas pelo feminicídio. De um tempo no qual as mulheres querem afirmar sua autonomia econômica, embora ameaçadas pelas exclusões. De um tempo no qual as mulheres querem ocupar os espaços de poder, embora ainda haja muito preconceito para tal. Mas é um tempo sem volta, com percalços e dificuldades, mas é nele e com ele que vamos avançar!”.

Na conclusão, Teresa fez uma saudação aos deputados e às deputadas estaduais eleitas para o próximo mandato, “que a Alepe lhes seja generosa e acolhedora no convívio, rigorosa e exigente na postura”; e ao presidente Lula, “personagem político mais importante e emblemático das últimas décadas e que certamente alcançará outros patamares na história mundial”.

Por fim, renovou o compromisso de atuar no Senado ao lado do presidente Lula e das propostas que o fizeram vencer a eleição. “Estaremos juntos na tarefa de reconstrução do Brasil, na promessa de devolver o Brasil para os brasileiros e as brasileiras e no compromisso de semear e praticar o diálogo e a unidade nacional. Com coragem, alegria e esperança”.

Em despedida da Alepe, Teresa Leitão destaca participação feminina na política

  1. FORA, PTRALHAS disse:

    Essa cor VERMELHA dos PTistas representa o sangue de milhões de pessoas assassinadas pelos genocídios cometidos pelo Regime Comunista ao longo da história, ao redor do mundo. Isso, os idiotas úteis não dizem! Bando de marionetes que desgraçam o Brasil e o mundo, sendo manipulados por bandidos que usam esses idiotas para chegarem ao poder. Em contrapartida, deixam cair das suas mesas, as migalhas que se contenta quem apoia esse nefasto sistema corrupto.
    Essa daí, é mais uma que só pensa na destruição do país, para se apossar do suado dinheiro dos contribuintes!
    E os imbecis, que se contentam com um baseado aceso, não percebem que estão lutando por uma gente que não está nem aí para as mazelas que sofrem esses pobres idiotizados!
    Vendem sua dignidade em troca de uma aprovação da liberação das drogas, na ânsia desenfreada de viver alucinado pelo efeito da nóia. Não enxergam o poço o qual estão caindo, na fétida e miserável degradação humana, que pode ser vista nas CROCOLÂNDIAS das capitais brasileiras, onde seres humanos se agrupam amontoados, em quase estado de putrefação, sem mais sensibilidade olfativa, que os façam sentir repulsa do estado deplorável que se encontram, levando uma vida pior do que cachorro vira-lata. Porque os cachorros de madames, hoje, têm uma vida melhor do que a de muitos seres humanos. Invertendo, satanicamente, o valor que deveria ser dado a criatura feita à imagem e semelhança do Criador, e colocando nos bichos, como se Deus se agradasse disso. Daí, não entender, por que ainda há seres, que apoiam, matam e morrem para colocar esse tipo de gente no poder, como essa que foi colocada pelo tse, senadora do Brasil. Essa gente, que por meio de seu ídolo- ladrão maior, defende abertamente a LIBERAÇÃO DAS DROGAS, como se não bastasse a destruição que já causa para a sociedade, mesmo com a proibição!
    Muitos jovens só não usam ainda essas porcarias destruidoras, justamente por serem mal vistas e proibidas. Mas imaginem os senhores e senhoras, quando os PTralhas liberarem de vez a comercialização das drogas no país? Que respondam, os pais que lutam tentando libertar os filhos dessas drogas, gastando o que não tem, em clínicas de reabilitação e que fizeram o “L” para o stf colocar na Presidência um ladrão!

  2. Bosco disse:

    Kkkkkķkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkķkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkll

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.