Em Curaçá, cliente ironiza ao ser informado que precisa levar envelope bancário: “Ainda não vi nenhuma loja vendendo”

3

1e5b654aa7e4cf65c56a5bd25bf9fa20Está difícil a rotina dos clientes que sofrem as consequências da greve dos bancários. Em Curaçá, no norte da Bahia, um cliente ficou  tão aborrecido com a situação que decidiu ironizar após ser informado, por um funcionário da agência, que o mesmo deveria trazer envelopes bancários de casa, caso precisasse de algum serviço.

Incomodado o cliente não viu outra saída senão brincar com o fato. “Fui à agência do Banco do Brasil de Curaçá, e na área dos caixas encontrei um funcionário. Ao perguntar-lhe se a agência estava processando os envelopes depositados, o mesmo me respondeu que sim, mas foi aí que ele resolveu ser comediante, ao me dizer que o cliente teria que trazer o envelope de casa, já que a agência não tinha. Então lhe respondi que ainda não vi nenhuma loja vendendo os tais envelopes bancários. Um desrespeito total com os clientes”, desabafou o comunitário.

3 COMENTÁRIOS

  1. Esta greve já passou do limite dos absurdos. Os únicos perdedores, prejudicados são os clientes, pois bancos continuam lucrando e muito e não estão nem aí para o azar de ninguém, uma vez que o cliente idiota continua depositando o dinheiro lá para eles lucrarem em cima e lucrarem muitíssimo. Os bancários de uma forma ou de outra receberão os dias parados e até concordo que no caso de greve em qualquer categoria não deveria ser pagos os dias parados, os sindicatos que se preparassem para pagar para os grevistas esses dias. Enquanto que o cliente, além dos aborrecimentos do mau atendimento, continuará pagando tarifas exorbitantes, ainda ser mau atendido, aguentar filas intermináveis. Mas no final ele merece todo esse aborrecimento, pois aguenta quieto, talvez achando que os bancos estão fazendo favor em guardar o seu dinheirinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome