Em conversa com ministro, Guilherme Coelho se anima com promessa de conclusão da Ferrovia Transnordestina

por Carlos Britto // 15 de junho de 2021 às 08:30

Foto: Jonas Santos/PMP divulgação

A vinda do ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes, a Petrolina no dia de ontem (14), para a inauguração do primeiro de dois novos viadutos na cidade, deixou animado o presidente da Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Guilherme Coelho. Isso porque o ministro, numa conversa com Guilherme, garantiu que as obras da ferrovia Transnordestina serão concluídas em breve.

Segundo Guilherme, a Transnordestina vai melhorar a logística e trazer economia aos produtores que exportam uva e manga no Vale do São Francisco. As frutas da região são exportadas via porto de Salvador (BA), a cerca de 500 km de distância, ou porto de Pecém (CE), a aproximadamente 900 km. “Com a conclusão da ferrovia nos trechos de Parnamirim (PE) e Salgueiro (PE), que ficam a cerca de 200 ou 250 km de Petrolina, o produtor do Vale terá uma distância mais curta para acessar a ferrovia e, dali, seguir ao porto de Pecém. Imaginem quanta economia vai trazer para região”, disse o presidente da Abrafrutas.

Além de beneficiar na logística de exportação de frutas da região, a conclusão da ferrovia também será positiva para economia da região do Araripe, com o transporte de gesso, matéria-prima produzida no local. De acordo com o ministro Tarcísio Gomes, a Transnordestina está em execução, com mais de mil funcionários trabalhando nos trechos de Eliseu Martins (PI) a Missão Velha (CE), e de lá até Pecém. “A obra passa por um redesenho que vai trazer sustentabilidade financeira. Então, a gente vai reequacionar todos os pontos dos contratos, todos os pontos financeiros, para que a obra não pare mais“, garantiu o ministro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *