Em Caruaru, senador FBC mostra sintonia com ministros Pernambucanos

2

Ausente no 14º Congresso Estadual do PSB de Pernambuco, realizado no último domingo (27) no Recife, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) mostrou alinhamento com os ministros pernambucanos de Michel Temer (PMDB), ao participar, nesta segunda (28), do anúncio de unidades habitacionais dos Residenciais Luiz Bezerra Torres I e II, em Caruaru, no Agreste.

Durante discurso, o socialista elogiou o trabalho dos quatro auxiliares presentes: os ministros Bruno Araújo (Cidades/PSDB), Mendonça Filho (Educação/DEM), Raul Jungmann (Defesa/PPS) e Fernando Filho (Minas e Energia/PSB). Ressaltou que, apesar da crise, eles não têm se descuidado em trazer benefícios para o Estado de Pernambuco.

O Brasil vem enfrentando crise política e ética que levou mais de 14 milhões de desempregados para a rua. Agora, está conseguindo se recuperar. O primeiro semestre aponta que conseguimos avançar“, discursou FBC, mostrando-se alinhado também, ao Governo Temer.

O socialista também fez questão de sublinhar que, a partir das eleições de 2016, quando saíram vitoriosos Miguel Coelho (PSB), em Petrolina, e Raquel Lyra (PSDB), em Caruaru, foi construída uma frente política. O senador também destacou a força política na parceria entre Caruaru e Petrolina. O ato ainda contou com as presenças do prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral (PSB), o deputado federal Augusto Coutinho (SD) e do senador Armando Monteiro Neto (PTB), além do secretário de Habitação do Estado, Kaio Maniçoba (PMDB), que representa o Governo do Estado.

Veredicto

O senador Fernando Bezerra Coelho afirmou que daqui a 15 dias deve ter uma posição sobre a sua situação partidária. O parlamentar disse que está aguardando a questão da reforma para tomar uma decisão. No entanto, revelou que terá um encontro como governador Paulo Câmara (PSB) e com o presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira. (Fonte: Folha de PE/foto divulgação)

2 COMENTÁRIOS

  1. Agora entendo a cara do FB filho, na midia, de tão carrancudo que é/são. Isso é a educação familiar que possuem. Um subiu pelo PT e inimigo do Oswaldo Coelho. Mas qdo esse morreu quer ser da ala de poderio com apoio do mediocre Guilheme Coelho que nunca chegará aos pés do pai. E ele FBC se aproveitando disso. Inocentes, heim!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome