Em carta enviada a Dilma,Osvaldo Coelho cobra ações concretas para o Sertão

29

Profundo conhecedor de sua região, o ex-deputado federal Osvaldo Coelho enviou uma carta aberta à presidente da República, Dilma Rousseff, na qual cobra mais uma vez, ações concretas para mudar a realidade do homem sertanejo.

Num dos pontos, Osvaldo Coelho lamenta o que considera “falta de prioridade” para investimentos como os perímetros públicos de irrigação e as adutoras. Confiram:

Excelentíssima Sra. Presidente Dilma Rousseff,

“Sem água nada cresce”

Sem água nada cresce, é isto mesmo. No Semiárido brasileiro existe escassez de água. Na verdade a chuva é pouca e mal distribuída, no entanto a água é suficiente para atender a demanda da população. Água dos rios perenes São Francisco e Parnaíba, de poços nas bacias sedimentares e dos açudes espalhados por toda região, cujas primeiras construções coube ao Presidente Epitácio Pessoa, na década de 20. São cerca de 70 mil açudes, entre públicos e privados, dos quais 400 deles de grande porte, com capacidade de acumulação de 36 bilhões de metros cúbicos, sendo que muitos deles ociosos por falta de obras complementares.

O absurdo é que poucos Presidentes se preocuparam em fazer essa água caminhar, ser transportada por meios de adutoras e canais para atender os municípios necessitados.

A China, a Índia, os Estados Unidos, Espanha, Israel, México, Peru, Chile, todos construíram grandes obras hidráulicas para abastecimento humano e irrigação das culturas. No Brasil, com raras exceções, os Presidentes da República escolheram a lei do menor esforço para combater a seca, adotando o uso de carros pipas e a construção de cisternas para matar a sede do sertanejo. Os carros pipas e as cisternas são conquistas do século passado. No século XXI, no Novo Brasil, o sertanejo quer água nas torneiras de sua casa, quer água para irrigar as culturas, quer adutoras, poços tubulares. Quer que o custo de perfuração e instalação de um poço tubular seja custeado pelo Estado.

Há dez anos pararam a implantação dos projetos públicos de irrigação, as adutoras não saem do papel, os riquíssimos aquíferos do Piauí continuam sem aproveitamento – a terra rachada pela falta de água em cima, um rio abundante logo abaixo. Essa última imagem mostra mais uma contradição vivenciada no sertão nordestino.

Outra contradição na questão do Semiárido diz respeito ao crédito rural. Taxas de juros, prazos de amortização dos financiamentos, garantias reais iguais para todo Brasil. A taxa de juros para o Semiárido deve ser de 0% e o prazo de pagamento de 20 anos, sem exigência de garantias reais. Somente assim o sertanejo terá condições de adotar práticas modernas de produção tais como: irrigar suas culturas, perfurar um poço, tecnificar a pecuária, mecanizar os plantios, etc.

A atual seca que ocorre mais uma vez no Nordeste destruiu os plantios, está dizimando os rebanhos, enfim, arrasando a frágil economia da região, é consequência do descaso governamental e da falta de compromisso com o homem do Semiárido.

Osvaldo Coelho ( DEM/PE), 81 anos/ foi Deputado Federal por oito legislaturas

Petrolina, dezembro de 2012.

29 COMENTÁRIOS

  1. Dr. Osvaldo Coelho, eu tenho um grande respeito pela sua opinião, como ser humano. Gostaria que a maioria dos políticos fosse um pouquinho, Dr.Osvaldo Coelho, nosso Nordeste hoje seria bem melhor que ontem!!!

  2. Por que na epoca em que mandava na CODEVASF, Governo Federal, Governo Estadual essas ideias mirabolantes nao foram resolvidas.
    Vejo rajada,dormentes, santa cruz e muitos municipios no mesmo missere´de sempre.
    Se bem me recordo so de CODEVASF o nobre Ex-deputado, teve mais de 19 anos a frente do orgao.
    De governo Federal teve mais de 30 anos.
    Liga nao ex, dia 21 de dezembro acaba tudo rsrsrsr

    • Anônimo, você está certíssimo!
      O pior é que o sr. Oswaldo Coelho apoiou esse desmantelo. Ora, se apoia uma pessoa que faz um desmantelo na cidade do jeito que o Sr. Júlio fez é porque está de acordo e apoia que ele faça mais desmantelo ainda.
      Se ele não apoiasse, deveria ter cobrado do seu pupilo primeiro, pois o Governo Federal está cumprindo a parte dele, o resultado do trabalho veremos quando chegar de fato as chuvas e estas passarem, aí sim poderemos avaliar, elogiar, criticar e cobrar as ações.

  3. Sempre fui eleitor e tenho profunda admiração pelo Sr.Osvaldo Coelho, pela força e disposição para o trabalho, apesar da avançada idade, e do conhecimento da nossa região. Entretanto, essa “carta” soa como uma faca de dois gumes. À medida que cobra do governo Federal ações concretas para resolver o problema da seca no semi árido nordestino (cobrança mais do que justa e muito bem pontuada), Dr.Osvaldo esquece que o prefeito que ele ajudou a eleger ( e reeleger) fecha os olhos para a triste realidade da população sertaneja do município de Petrolina, onde até os carros pipa (que bem ou mal são o paliativo para esse povo) ele cortou, sob a desculpa que não há dinheiro em caixa para pagar por esse serviço, ao mesmo tempo que gastou milhões numa festa de São João, e que até hoje não explicou onde esse montante foi gasto, dizendo que os recursos para o combate à seca estavam garantidos e que não dependiam da verba destinada à festa. A festa passou, a eleição foi ganha, a seca continua e o povo não tem água para beber. Portanto Dr. Osvaldo, ninguém melhor do que o senhor para cobrar por essas ações do governo Federal, por ser um profundo conhecedor do semiárido e dos problemas que o afligem. Entretanto, se deseja preservar a sua imagem de homem íntegro que sempre foi, a primeira medida a ser tomada é cobrar por ações locais para amenizar o problema dos nossos conterrâneos, desse projeto de prefeito que o senhor ajudou a instalar no poder publico municipal. Uma vez feito o dever de casa, aí terá respaldo para cobrar dos demais governantes.

  4. O prefeito Júlio Lossi e Dr. Osvaldo Coêlho resolveram ambos ocupar o espaço da mídia para alfinetar os atuais governos e transferir para os atuais gestores federal pela mazela da seca e do subdesenvolvimento do nordeste.
    Com isto resolvi retocar a historia ou melhor dizendo a historia do nordeste e semiarido que o Dr. Osvaldo não quer tocar… Hoje transferindo aos atuais detentores do poder federal, diga-se de passagem o ex presidente Lula e a atual Presidenta Dilma. Se esqueci que Participou politicamente ele e toda sua clã das decisões governamentais nas três instancias de governos executivos da União, Estado e Município, em Petrolina desde da década de 1950 até os dias atuais. participou decisivamente das decisões de todos governos da época de chumbo: Regime Militar de 1964, O golpe militar de 64, Governos Militares , Governo Castello Branco, Governo Costa e Silva, Governo da Junta Militar, Governo Médici, AI-5, Governo Geisel, Governo Figueiredo, e votou contra os projetos de leis de interesse popular da Redemocratização, Lei da Anistia, Campanha das Diretas Já, Constituição de 1988. Sendo a favor da corja da elite dominante e do interesse da burguesia.
    E ainda, Foi ardiloso defensor como conselheiro da SUDENE da política que é dano que se recebe, carros pipas, açudes, barragens , perfurações de poços e principalmente das famigeradas frentes de emergências.
    E o projeto da Univasf ficou no papel durante os oito anos do governo FHC. Só sai no de Lula.
    HOJE VIVA LULA!. VIVA DILMA!. VIVA FERNANDO BEZERRA!, O FILHO MAIS ILUSTRE DESTA TERRA DURANTE TODO TEMPO! VIVA A TRANSPOSIÇÃO! VIVA!.

  5. PARLAMENTAR FRENTE DE EMERGÊNCIA .
    participou da base de sustentação do regime militar como Arena, PDS e Democrática, e já na democratização passando pelos Governos Zê Sarnei (04 anos), Color de Melo e Itamar (04 anos) e mais 08 anos do governo de FHC. Foi ardiloso defensor como conselheiro da SUDENE da política que é dano que se recebe, carros pipas, açudes, barragens e perfurações de poços.
    desde de 1964, Ainda na política de planejamento e gestão da seca passou a distribuir os alimentos nas frentes de trabalho (frente de emergência do Nordeste).
    E Também participou ativamente da bancada dos latifundiários do semi-árido. Em conseqüência, os subprogramas para a região só foram implantados nas partes que beneficiavam e interesse dos grandes proprietários e chefes políticos locais. vejas as empresas (somassa, industria coêlho, Fiação e etc) todas elas foram criadas com recursos do Finor, subsidiados por mais de 10 anos, e logo após o período de benefícios financeiros e tributários foram todas fechadas.
    Por último, Indicou direta ou indiretamente através de seus familiares todos os gestores políticos da Codevasf, desde da época da Comissão do Vale São Francisco (CVSF),deixou juntamente com seus familiares este organismo federal especializado no aproveitamento dos recursos do vale prisioneiro de poderosos políticos da Bahia e Pernambuco. Com a impossibilidade de superar a situação existente, participou de todas decisões da SUDENE, Codevasf e DNCOS o conjunto dos órgãos Federais que teria que enfrentar diretamente os problemas da seca e da irrigação no do São Francisco. HOJE VIVA LULA!. VIVA DILMA!. VIVA FERNANDO BEZERRA!, O FILHO MAIS ILUSTRE DESTA TERRA DURANTE TODO TEMPO! VIVA A TRANSPOSIÇÃO!

  6. Que pena que vc Coronel sem patente não enviou essas suas cartas quando ainda participava dos decisivamente das decisões de todos governos da época de chumbo: Regime Militar de 1964, O golpe militar de 64, Governos Militares , Governo Castello Branco, Governo Costa e Silva, Governo da Junta Militar, Governo Médici, AI-5, Governo Geisel, Governo Figueiredo, passando também pelos Governos da redemocratização Zê Sarnei (04 anos), Color de Melo e Itamar (04 anos) e mais 08 anos do governo de FHC. Então esqueça… Deixe Fernando Bezerra o filho mais ilustre de Petrolina trabalhar em paz, o futuro governo de Pernambuco.

  7. É FALTA DO QUE FAZER?. Vai realizar campanhas solidárias e humanitárias para prestar socorros aos nordestinos sem água e comida nesse período de seca prolongada. Ou será desocupação mesmo? velho gaga

  8. Enquanto o povo padece com a seca os rebanhos são dizimados, mais uma vez com a seca prolongada,é a conseqüência do descaso de julio lossy prefeito municipal de Petrolina e a falta de compromisso realizando uma festança junina de 15 dias a mercê da desgraça do homem do campo.

  9. Osvaldo passou mais de duas décadas dando as cartas na Codevasf
    e nada resolveu. Ciro coelho,seu sobrinho, fez muito mais para Afrânio Dormentes.Em apenas 04 anos, levou água através da adutora Maria Coêlho. Imaginem hoje, com os mananciais todos secos,como estaria aquela região sem essa ação? O pior é que o ex-deputado estadual,não teve a resposta merecida nas urnas. Quanto ao ex-deputado federal,os eleitores, nas duas ultimas eleições que o mesmo se candidatou(federal e prefeito) não obteve êxito, resposta de um eleitorado já de saco cheio te tanto blá,blá,blá…

    • Oswaldo Coelho é político de dar carguinho a quem o bajula.
      Porque trabalho, trabalho mesmo em prol do povo ele não tem nada. Só conversa bonita, e muita cultura.

  10. DR OSVALDO, FALA MUITO E POUCO FEZ QUANDO DURANTE VARIAS DECADAS OCUPOU O PODER….SO SABE FALAR NA UNIVASF COMO SE O PROJETO FOSSE DELE E NÃO UM PROJETO NACIONAL DE DESCENTRALIZAR AS UNIVERSIDADES PARA AREAS MAIS DISTANTES PARA TENTAR FIXAR OS PROFISSIONAIS DE SAUDE NO INTERIOR. DURANTE MTO TEMPO ISSO COLOU AQUI EM PETROLINA, MAS AGORA NÃO MAIS DR. ANTES DE IR EMBORA DESSE MUNDO MATERIAL, REFLITA E TRABALHE O SENTIMENTO DE INVEJA QUE TEM DO SEU SOBRINHO FERNANDO BEZERRA QUE É O UNICO QUE ULTAPASSOU E ORGULHA POLITICAMENTE TODOS PETROLINENSES E SEU UNICO FILHO, NÃO, MTO PELO CONTRARIO, AGORA CONTENTA-SE EM SER APENAS UM VICE. QUE FIM DE CARREIRA TRISTE PARA UM UNICO FILHO NÉ DR. OSVALDO? DESCANSE E REFLITA AS BESTEIRAS QUE JÁ FEZ NA VIDA INCLUSIVE DAR VEZ A QUEM NÃO DEVIA. OU SERA PORQUE SUA FILHA TAMBEM ESTA ,MESMO MORANDO EM RECIFE, EMPREGADA DESDE O INICIO DE 2009 NO MUNICIPIO DE PETROLINA E NINGUEM DIZ NADA NEM O SR. TÁ CERTO ISSO ? VAMOS INVESTIGAR PF. É VERBA PUBLICA E QUEREMOS EXPLICAÇÕES.

    • Essa carta descreve exatamente a necessidade do sertão no século XXI. Não são apenas meras palavras, isso mostra sentimento de uma pessoa que tem visão e conhece bem as disparidades regionais. Dr. Osvaldo Coelho, mesmo aposentado, mas com a sua mente brilhante continua exercendo sua política, no sentido mais amplo. Um homem de 81 anos que não se aposentou para o povo.

  11. O senhor Oswaldo esta simplismente querendo aparecer para voltar ao cenário politico e ser candidato em 2014. O senhor teve o seu tempo… trabalhou por Petrolina e foi muito bem pago para isso. não me sinto em divida com sr. Oswaldo… porque se fez por Petrolina, muito mais fizemos nos enriquecendo a familia coelho.

  12. Muito bem Ailtom, Concordo em genero e grau com voce. quem deve é ele ao povo inocente de Petrolina que o manteve por muitos anos no poder. Agora, com todo respeito, está na hora desse senhor descansar; ele ainda acha que tem condições de fazer politica….onde estão seus filhos e esposa que não vêem isso . Para homem, seu tempo já passou e olha que demorou muito.
    Ah! ia esquecendo de dizer Verlania, com todo respeito, va estudar querida. Não aguentamos mais ve-la falr tão errado. Aproveita enquanto ainda tem noa semente funcionando pra estudar ou pelo menos ser alfabetizada, é um conselho, meu amor.

  13. so sei que alguma coisa pelos nordestinos tem que ser feita e ja a situação esta feia, so quem mora na roca sente o sofrimento de ver os animais berrando de fome e sede.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

dez + onze =