Em Brasília, prefeito eleito de Afrânio é recebido por Temer

3

rafael-e-temer

Em visita a Brasília (DF), o prefeito eleito de Afrânio (PE), Rafael Cavalcanti, conseguiu um espaço na agenda do presidente Michel Temer.

Do mesmo partido de Temer, o PMDB, Rafael apresentou ao presidente alguns pleitos da população de Afrânio, os quais serão devidamente encaminhados aos ministérios responsáveis.

Antes de sentar na cadeira de prefeito, no próximo dia 1º de janeiro de 2017, Rafael tenta mostrar a que veio.

3 COMENTÁRIOS

  1. Isso é que é ser um Prefeito de atitude…. Parabéns Rafael Cavalcante Afrânio precisa de gente como vc pra ir buscar parcerias junto ao Gov.Federal e Estadual….. 2017 Afrânio terá o novo tempo na Administração Municipal. O Tempo do Coronel acabou. PARABÉNS RAFAEL Prefeito eleito Democraticamente.

  2. A política dos governantes sábios consiste em esvaziar a mente dos homens e encher-lhes o estômago. Um povo que sabe demais é difícil de se governar. Aqueles que julgam promover o bem-estar de uma nação, espalhando nela a instrução, enganam-se e arruínam a nação. Manter o povo na ignorância: eis o caminho da salvação.” – Lao-Tsé

    Política é um exercício de poder de um homem sobre outro homem, quando se busca utilizar do poder para defender os direitos de cidadania e do bem comum. Quando o político é eleito ele tem o dever de fazer algo que vá beneficiar a população, honrar as pessoas que o escolheram.

    Eis a questão: A revolta toda com relação aos DISTRATOS não é pelo fato de ajudar a população que necessita, É pela notória questão de TOMAR para si uma obra sem citar a fonte. É crescer o nome politico em cima de outro nome, é utilizar de uma obra de arte sem dá o credito ao AUTOR. A velha POLITICAGEM, este que tanto cobra honestidade fez uma campanha milionária, com o capital dos EMPRESÁRIOS. E aí, VAMOS TER QUE PAGAR A CONTA DELE, POIS QUEM ESTA BANCANDO A SUA CAMPANHA VAI QUERER ALGO DE VOLTA E EM TROCA. POR ISSO QUE DIGO ABRAM O OLHO.

    Esses valores são bancados por empresas que têm interesses e cobrarão a fatura do candidato eleito que já age muitas vezes pensando em garantir a reeleição. As empresas que contribuem nem sempre têm as mesmas prioridades do conjunto da população. Quando fazem contribuições para as campanhas eleitorais, estão apostando nos candidatos que vão priorizar as suas bandeiras individuais.

    Os Prints estão sendo feitos, quando for depois mostrar aqueles algozes, SIMPLES eleitores que estão ai se achando o todo poderoso, que quando o seu candidato, assumir de fato e, não atender seus pleitos e sim de quem o deve a CABEÇA, vai CHORAR o LEITE DERRAMADO.

    Espero que o mesmo faça um bom trabalho, mas infelizmente o que já vemos é eleitores (pequenos empresários) já brigando por isso e por aquilo, bem antes de começar a administração. E aqueles eleitores (só de voto) a grande maioria, não tiver sua solicitação atendida começará o revanchismo.

    NADA MELHOR QUE O TEMPO PARA ENSINAR. Chorar não resolve, falar pouco é uma virtude, aprender a se colocar em primeiro lugar não é egoísmo. Para qualquer escolha se segue alguma consequência, vontades efêmeras não valem a pena, quem faz uma vez, não faz duas necessariamente, mas quem faz dez, com certeza faz onze.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome