Em 28 dias, Operação Átria localiza 100 suspeitos de violência doméstica na BA

por Carlos Britto // 02 de abril de 2024 às 10:31

Foto: Ascom PCBA/divulgação

Centenas de atividades educativas e operacionais foram realizadas pela Polícia Civil da Bahia, entre os dias 1º e 28 de março, durante a Operação ‘Átria’, por meio do Departamento de Proteção à Mulher, Cidadania e Pessoas Vulneráveis (DPMCV) e do Departamento de Polícia do Interior (Depin). Setenta e três suspeitos de violência doméstica e familiar foram presos em flagrante e 24 mandados de prisão foram cumpridos nesse período.

Nos 28 dias de ações, equipes das Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher (DEAMs) e dos Núcleos Especializados de Atendimento à Mulher (NEAMs), em diversas regiões da Bahia, apreenderam 16 adolescentes e conduziram 23 pessoas às unidades. No mesmo período, as unidades especializadas registraram 635 Boletins de Ocorrência, instauraram 353 inquéritos policiais e 327 foram encaminhados ao Poder Judiciário, com o indiciamento dos autores, além da solicitação de 362 medidas protetivas de urgência e 63 outras medidas cautelares.

Para reforçar as ações de prevenção contra a violência doméstica e familiar, a Operação Átria realizou 263 atividades educativas, entre elas palestras e panfletagens. Mais de 235 mil pessoas foram alcançadas por meio das ações. As equipes das unidades especializadas da PCBA também participaram de caminhadas e eventos de outras instituições sobre o tema. As informações são da PCBA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. Srs leitores e, redatores deste conceituado meio de comunicação. Aproveitando para parabenizar, pela matéria postada, pois, é história e é…