Efeito dominó: Após renúncia de vice-reitor temporário da Univasf, pró-reitor de Ensino também entrega cargo

2
Campus Sede da Univasf, no Centro de Petrolina. (Foto: Blog do Carlos Britto)

Quase dez dias após a exoneração do vice-reitor pró tempore da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Professor Valdner Daízio Ramos Clementino, mais um fato agrava ainda mais crise interna da instituição. Este Blog recebeu, com exclusividade, a carta de demissão do pró-reitor de Ensino, Manoel Messias Alves Souza.

No documento ele deixa claro que entregaria o cargo, caso o Professor Valdner saísse, sobretudo pelos argumentos apresentados pela Reitoria Pró Tempore para seu afastamento. Manoel Messias alega ainda incompatibilidade com as ideias do Professor Paulo César Fagundes, reitor temporário da Univasf. “Nossas divergências superaram nossas convergências”, destacou. A carta na íntegra pode ser acessada pelo link do Blog.

2 COMENTÁRIOS

  1. Lamentável que uma disputa de interesses tem afetado a grandiosidade da Univasf para a nossa região.
    Vivemos tempos estranhos….
    O presidente é um louco… e há muitos que o aplaude.
    O procurador relembra o engavetador…
    E assim, tudo indo para o buraco ou melhor… para a cova!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome