Eduardo Campos: União dos Nordestinos foi fundamental para escolha da Fifa

por Carlos Britto // 03 de junho de 2009 às 06:23

eduardo_campos211Sem esconder a alegria pela escolha do Recife como uma das 12 subsedes da Copa de 2014, o governador Eduardo Campos (PSB) atribuiu o fato à força política do Nordeste na atualidade. Além de Pernambuco, a Fifa também contemplou a Bahia (Salvador), o Rio Grande do Norte (Natal) e o Ceará (Fortaleza), o que justifica o argumento do governador.

Para Eduardo, se o Nordeste não estivesse coeso, dificilmente conquistaria essa vitória. Nas entrelinhas, o governador deixou a entender que o fato de estarem alinhados politicamente com o governo federal contou (muitos) pontos para os nordestinos. O que torna o socialista, inclusive, cada vez mais fortalecido junto ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Por Antonio Carlos Miranda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *