Durante encontro, PT ratifica posicionamento contrário à venda do Estádio Paulo de Souza Coelho

4

Isabel-Cristina5O Partido dos Trabalhadores (PT) de Petrolina entrou na polêmica sobre a venda do Estádio Municipal Paulo de Souza Coelho.

Numa reunião ocorrida no último sábado (6) na sede da legenda, localizada à Rua Castro Alves, Centro da cidade, a qual serviu para discussões acerca do Processo de Eleições Diretas (PED) no partido, os integrantes petistas demonstraram sua posição contrária à venda.

Durante o encontro, comandado pela presidente do diretório municipal, Isabel Cristina (foto), além de descartar qualquer vínculo com o Governo Lóssio, o partido ratificou ser “veementemente” contra a venda do patrimônio público de Petrolina. E pede determinação dos seus dois vereadores na Casa Plínio Amorim – Cristina Costa e Geraldo da Acerola – para defenderem esse posicionamento.

Os petistas ainda promoverão dois novos encontros: o primeiro será nesta sexta-feira (12), para debater sobre reforma política; o outro está marcado para o dia 21 (também deste mês), para avaliar a atual conjuntura política municipal, passando por uma avaliação à administração municipal.

4 COMENTÁRIOS

  1. É ISTO MESMO, O PT PRECISA POSICIONAR-SE E QUE SEJA DO LADO DO BEM PÚBLICO. QUEM QUIZER VENDER VENDA SUA CASA QUE É PATRIMÔNIO PRÓPRIO E NÃO VENDER OS BENS DE UMA POPULAÇÃO.PETROLINA PRECISA ACORDAR!

  2. concerteza vender um patrimonio pùblico que faz parte da història dos Petrolinenses , è um crime prefeito vai cuidar da saùde do povo que estão morrendo a três por quatro, da educação, transporte coletivo de qualidade, a final vc è prefeito ou è corretor de imòves.

  3. O PT ainda está em condições de se manifestar? Acho mesmo que não. kkkkkkk Quanto ao estádio, estão brigando tanto e nem frequentar vocês frequentam. Gostam mesmo é de confusão. Se é para aproveitar o espaço pra coisa mais interessante, então que venda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome