Dona de casa grávida do décimo filho clama por ajuda em Petrolina; Assistência Social da Prefeitura concede suporte

6
Mulher mora no Residencial Vivendas. (Foto: Arquivo Pessoal)

Sandra Sá dos Reis, de 37 anos, é moradora do Residencial Vivendas, em Petrolina. Ela tem 9 filhos, está grávida do décimo e passa por sérias necessidades. Apenas quatro filhos moram com ela no imóvel, sendo que alguns dormem no chão, por não terem cama.

Pesando mais de 145 quilos e com problemas de saúde, a dona de casa não pode trabalhar, não tem companheiro para ajudá-la e a família sobrevive com a ajuda de vizinhos.

Sandra está no sétimo mês de gravidez. O filho de três anos tem problemas de crises convulsivas diariamente. Ela conta que ainda não tem nada do enxoval do bebê que vai nascer, e o que recebe do Bolsa Família é para comprar comida.

Ajuda

O Blog procurou a assessoria de comunicação da Prefeitura de Petrolina sobre a situação de Sandra, que clama por ajuda.

Em nota, a prefeitura informou que uma equipe do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) realizou na quarta-feira (24) uma visita à dona de casa. “De imediato, a prefeitura concedeu cesta básica à gestante, que já é assistida pelo Programa Bolsa Família e também pelo Minha Casa Minha Vida”, disse a assessoria.

A partir de agora, conforme explica a nota, “Sandra e os quatro filhos que residem com ela passam a ter acompanhamento pelo CRAS Dom Avelar, onde uma rede assistencial dará todo o suporte necessário para que ela possa sair da situação de vulnerabilidade”, frisa.

6 COMENTÁRIOS

  1. Pelo amor de Deus.. 10 filhos? Não tem um companheiro? Pesa 145kg??? Assim é bom demais depender do Governo. Vou engordar feito um porco, nao ter ninguem pra me ajudar e tentar sustentar 10 filhos. As pessoas tem que ter o minimo de noção.. Ela recebe Bolsa Familia, tem uma casa do Minha Casa Minha vida e não pode ir ao postinho pegar preservativo? Anticoncepcional?

  2. Infelizmente vivemos num país sem educação para nada, inclusive a sexual. A crítica não é em relação à senhora por que eu não sou Deus para julgar os atos de ninguém, mas as condições precárias de uma nação de natureza exuberante, mas pobre em diversos sentidos. Uma nação em que vivemos para sustentar meia dúzia de mauricinhos ligados ao governo. É muito privilégio para tão poucos, em detrimento de mais de 200 milhões. Uma verdadeira ditadura disfarçada de democracia.

  3. Esse povo só quer viver na safadeza , não pensa nas consequências, como pode uma pessoa sem a mínima estrutura parir 10 filhos? Eu não entendo, é doente mas pra transar não é?. Agora a população tem que bancar as consequências?Me poupe

  4. Ninguém tem o direito de julgar ninguém!
    Poderia ser qualquer outra pessoa!
    Na verdade existe outras milhares de pessoas em situação de miséria!
    Vocês acham que elas estão assim porque querem? Não
    O que essas pessoas precisam é de ajuda.
    E não de críticas.
    Seria genial se cada um pegassem um pouco do seu e dividir com os outros envez de ficar dando opiniões negativas.
    Porque só Deus sabe o que na verdade ela passa e passou,..
    Concordo na época de hoje ter 10 filhos é muito mais antigamente os mais velhos tinha 20. 28 filhos. E ninguém nunca opinou na vida do outro!
    Então vamos ajudar mais.
    E criticar menos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome