“Domingos foi cassado por causa de uma carrada de areia”, desabafa Valgueiro, ao justificar que cobrará título de cidadão

4
Foto: Ascom/divulgação

Várias propostas de autoria dos vereadores da Casa Plínio Amorim foram aprovadas na sessão plenária desta terça-feira (3). Entre estas constam oito projeto de Decreto Legislativo, concedendo títulos de cidadania petrolinense e Medalha de Honra ao Mérito Dom Malan. Até aí, nada demais. O detalhe que chamou atenção, no entanto, foi o líder da bancada de oposição, Paulo Valgueiro (MDB).

Ele solicitou à Mesa Diretora a concessão da Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Dom Malan para o atual presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)/Subseccional Petrolina, Alexandre Torres. O projeto passou por 18 votos a zero. Recentemente Valgueiro também tentou emplacar outra homenagem, desta vez o título de Cidadão Petrolinense ao ex-vereador Domingos de Cristália, que atuou ao lado dele nessa legislatura. O resultado, porém, foi bem diferente: por falta de quórum, acabou retirado de pauta da sessão do último dia 18/02.

Por motivo de saúde o presidente da Mesa Diretora, Osório Siqueira (PSB), não pôde conduzir a sessão de hoje, que teve à frente o 1º vice-presidente Ronaldo Cancão (PTB). Mas Valgueiro garantiu que vai cobrar explicações de Osório do porquê seu projeto propondo título a Domingos não retornou à pauta. Atribuindo a “manobras” dos governistas, que teriam esvaziado a sessão do dia 18/02 para que o projeto não fosse votado, o líder oposicionista disse que Domingos é digno da homenagem.

Ele é uma pessoa extremamente querida pela comunidade de Izacolândia e do interior, vereador de Petrolina com uma folha grande de serviços prestados e faz jus a essa concessão. A gente espera que na próxima sessão esteja pautada a concessão do título de cidadão ao amigo Domingos”, informou. Perguntado se a bancada governista estaria com receio de aprovar um título a um vereador cassado, como é o caso de Domingos, Valgueiro minimizou a questão.

O que causou o afastamento de Domingos foi uma carrada de areia, algo extremamente irrelevante. Aqui na Casa Plínio Amorim, quem não já ajudou alguém, não pensando em voto, mas em contribuir para melhorar uma situação de necessidade?”, desabafou Valgueiro. Domingos foi cassado por unanimidade, no ano passado, pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), sob a acusação de abuso de poder econômico e político na campanha de 2016. Ele é natural de Santa Maria da Boa Vista (PE), Sertão do São Francisco.

4 COMENTÁRIOS

  1. Acho que Paulinho deve estar com amnésia,ele perdeu o mandato porque estava usando a máquina pública para benefícios próprio,atirou com o dinheiro da sociedade dançou.

    • Verdade, então ele deve fazer com “pouco” também já que acha correto. Essas foram as boas obras de Julio. OS secretários de Julio das ” boas obras” só não sei se boa para população ou para eles.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome