Domingos de Cristália disse que já esperava nova derrota no TRE-PE, mas garante: “Esse jogo está apenas no primeiro tempo”

0
Foto: Ascom CMP/divulgação

O vereador Domingos de Cristália (PSL) recebeu com naturalidade a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), que julgou na tarde de ontem (19) os embargos de declaração apresentados pela sua assessoria jurídica. Novamente por unanimidade, os desembargadores decidiram negar o provimento aos embargos referentes ao mandado de segurança que mantinha o vereador no cargo, por meio de uma liminar concedida no início deste mês pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No último dia 9 de julho, ele havia sido derrotado no TRE-PE, sob a acusação de abuso de poder político e econômico nas eleições 2016.

Em entrevista à imprensa, Domingos disse que já esperava pela decisão de ontem, mas pretende recorrer várias vezes se for preciso. “A gente está em um jogo de 90 minutos. Tem mais um jogo de 90 minutos, prorrogação e pênaltis. A gente está apenas no primeiro tempo, que está um a um”, ponderou.

Domingos deixou claro que essa não é uma questão de vaidade nem pessoal, e sim por respeito ao seus eleitores – em especial os de sua comunidade, Izacolândia, na zona rural de Petrolina. “Volto a repetir: tive 70% dos votos válidos na minha comunidade e não vou deixar aquela população desemparada”, desabafou.

O pesselista admitiu que esse é um embate longo, que pode terminar com ou sem final feliz ao seu favor. Mas assegurou que lutará até o fim para manter o mandato. Perguntado se está sendo vítima de uma “perseguição” política, Domingos nem pestanejou. “O que vocês acham? Essa perserguição não é só de um líder comunitário de Izacolândia, não. Existe uma quadrilha em Petrolina (…) com algumas pessoas até da Câmara de Vereadores”, disparou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome